Tecnologia

Adeus, chaves: brasileiros adotam a biometria nos condomínios

Publicado

source
garagem com tecnologia de biometria sem contato arrow-options
Divulgação

Biometria sem contato é uma das tendências do mercado para condomínios

A tecnologia digital já tornou vários equipamentos obsoletos, como o telefone público, a câmara fotográfica e o radio-relógio. A chave de casa deve a sua próxima vítima.

biometria  tem se consolidado nos condomínios do País, já que um a cada três brasileiros já gostaria de abrir a porta de casa com a identificação de uma parte do corpo.

Ansioso pelo 5G? Veja as novidades que já estão em teste no Brasil

O dado é da pesquisa realizada pela empresa de identidade aumentada Idemia, em 11 países. Segundo o levantamento, o Brasil foi o país em que a população demonstrou o maior desejo, entre todos os pesquisados, de utilizar a  biometria  para acessar a própria casa.

“Para os moradores, o grande benefício é não precisar de chaves ”, conta o gerente predial Fernando Oliveira, responsável pela gestão de um condomínio de luxo com 44 apartamentos no Alto da Lapa, bairro nobre de São Paulo.

O condomínio já investiu cerca de R$ 150 mil em identificação biométrica, tanto para na portaria como para acessar áreas internas , como a academia e a piscina. “Alguns condôminos gostam tanto da tecnologia que estão adotando na porta dos apartamentos”, relata Fernando.

O iPhone 11 vale a pena? Confira os detalhes dos lançamentos da Apple

https://tecnologia.ig.com.br/2019-09-11/o-iphone-11-vale-a-pena-confira-os-detalhes-dos-lancamentos-da-apple.html?utm_source=ultimas&utm_medium=desktop&utm_campaign=internas

A última novidade do condomínio foi a  biometria contactless , ou seja, sem contato, para acesso à garagem. Com ela, basta o condômino passar os dedos da mão em uma máquina que lembra um scanner para abrir a catraca.

Leia mais:  Google é acusado de enganar moradores de rua para melhorar reconhecimento facial

Uma das vantagens da tecnologia sem contato é a rapidez da leitura , que garante segurança a quem está chegando em casa. “A tecnologia permite o fluxo de 50 carros por minuto”, afirma o gerente regional de Vendaspara Brasil e Cone Sul da Idemia, Ricardo Miralha.

Veja o vídeo da  biometria contactless


Fernando ressalta que além da comodidade para o morador, a biometria ajuda na administração do prédio. “Com a biometria, fazer a gestão do acesso é muito mais fácil e seguro, porque temos os dados nas mãos”, explica. Segundo ele, em alguns casos, a tecnologia pode inclusive diminuir custos administrativos.

Para ele, a única desvantagem da biometria é a dificuldade de alguns moradores de fazer o cadastramento . “Temos alguns condôminos que são muito ocupados e não tem jeito, para usar a biometria tem que cadastrar. Por isso, as vezes, alguns demoram a utilizar a tecnologia”, afirma.

População brasileira com acesso à internet aumenta e vai para 70%, diz

O preço das tecnologias de reconhecimento biométrico ainda não é acessível para todos, mas segundo Miralha, está caindo. “Nos últimos dez anos, o preço dos equipamentos de biometria caiu cerca de 60%”, calcula.

Smartphones foram a porta de entrada

A biometria já foi utilizada pelo menos uma vez por 94% dos brasileiros , segundo o levantamento da Idemia. A maioria deles (89%) por meio do desbloqueio biométrico do telefone celular.

Leia mais:  Mark Zuckerberg é ‘pessoa mais perigosa do mundo’, diz professor

Os números são bem superiores à média global . Nos 11 países pesquisados, 78% já tinham tido acesso à tecnologia e 63% com o desbloqueio do celular. “Com certeza o celular ajudou a popular a biometria e o brasileiro tem facilidade de absorver e utilizar novas tecnologias”, avaia Miralha.

Tendências

totem de biometria arrow-options
Divulgação

Totem de biometria utilizado em um condomínio da capital paulista

Segundo o especialista, existem outras tecnologias de reconhecimento biométrico além do reconhecimento da digital com ou sem contato.

Ele cita o reconhecimento de voz, do rosto, a leitura vascular, e a de íris. Para Miralha, porém, algumas tem aceitação melhor do que outras. “As pessoas têm um certo incômodo com a leitura de íris , por exemplo, porque é necessário passar uma luz nos olhos”, explica.

Entre as tendências, ele cita a leitura vascular . “Um método em crescimento. Inclusive ele consegue detectar, por exemplo, de um dedo está vivo ou morto”, afirma.

Isso significa que no caso da leitura da capilaridade das veias , não é apenas a impressão digital que conta, o que deixa o método mais seguro, já que cópias de silicone ou mesmo um dedo separado do corpo, não são lidos pela máquina.

“Novas tecnologias estão sendo criadas a todo momento”, afirma. Ele relata que existem métodos de reconhecimento pelo DNA da pessoa e pesquisas em desenvolvimento para reconhecimento biométrico pelo formato da orelha e pelo cheiro de cada ser humano.   

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Qualquer um pode ser um YouTuber: como começar a produzir vídeos hoje

Publicado

source

O crescimento das redes sociais fez com que diversas pessoas se arriscassem a apostar na carreira de blogueiros em vídeo – no YouTube ou em outras plataformas. Quem acompanha esses nomes conhecidos pode até ter ficar com vontade de tentar entrar para o ramo, mas normalmente esbarra ao sentir dificuldade com a produção e pós-produção dos vídeo. Hoje isso já não é um problema. 

editor de vídeos arrow-options
shutterstock

Tornar-se um Youtuber pode ser simples, e editar vídeos não é tão difícil quando parece

Fazer gravações de forma simples com celular, câmera e até webcam podem ser uma opção para quem está começando. O maior problema é a edição de vídeo, já que muitos softwares têm uma interface extremamente complicada para quem não conhece o programa. Uma boa opção é o Filmora9 , que tem interface simples e em português, perfeita para iniciantes. 

Dicas que podem ajudar na hora de gravar seu primeiro vídeo:

  • Celular: no começo não é necessário ter uma câmera profissional, o que importa é o conteúdo, que deve chamar a atenção de quem está assistindo. Uma câmera pode ser adquirida futuramente, mas não é um item indispensável para as gravações;
  • Roteiro: tenha sempre em mente o que vai dizer, pode ser em tópicos ou até um texto mais extenso. O que importa é ser objetivo, sem ficar fazendo muito mistério sobre o assunto que será abordado;
  • Fone de ouvido: esse item pode um aliado importante para quem sonha com um microfone de lapela. Simples e barato, é um “quebra galho” que ajuda muito com o som do vídeo. Se, mesmo assim, ainda for preciso de um microfone de lapela, existem diversas opções acessíveis no mercado, que podem ser conectadas ao celular;
  • Iluminação: gravar de dia, principalmente em frente a uma janela, é uma ótima opção. Luzes artificiais, como as de computadores, também ajudam na hora de manter luz constante. Mas lembre-se: evite ficar contra a fonte de iluminação, isso pode prejudicar o resultado final. Muitos youtubers utilizam rebatedores, para redirecionar o brilho natural ou artificial e eliminar sombras no rosto. Eles podem ser improvisados com folhas de cartolina branca ou isopor;
  • Edição: existem diversos softwares no mercado, mas alguns deles são simples, rápidos e com diversas opções de efeitos já na versão gratuita. A plataforma do Filmora conta com efeitos de som e vídeo do Filmstock , com uso livre de direitos autorais, o que significa que não é preciso pagar para usar os filtros escolhidos. Além dele, o  FilmoraPro é uma opção mais completa para quem já tem certo conhecimento de edição, que possibilita fazer vinhetas, sincronização, corte, entre outras ferramentas.
Leia mais:  Site da Caixa apresenta falha que permitia golpes de hackers aos usuários

Mesmo assim, é preciso decidir o tipo de vídeo que será feito. Stream de jogos? Vlogs? Tutoriais? A gama de opções é enorme, e por isso, contar com certas ferramentas dentro da plataforma de edição vai ajudar muito no produto final.  

Outros recursos incrementam seus vídeos

Trilha sonora – Não deixe seus vídeos no silêncio, preenchendo todos os espaços apenas com sua voz. Uma boa trilha dá o tom necessário para cativar sua audiência e facilita as transições entre cenas e temas.

Chroma Key – Essa ferramenta é o famoso “fundo verde”, que abre um leque de possibilidades para o editor colocar diversas imagens de fundo do vídeo. Além disso, torna o recorte de objetos mais fácil, fazendo com que as transições de cenas fiquem mais graduais. Ideal para a idealização de cenários e para efeitos especiais.

Divisão de tela – Quem gosta de tutoriais de maquiagem ou de faça-você-mesmo, sabe que esses vídeos trabalham com cenas de antes e depois. Por isso, a divisão de tela na hora da edição é de extrema importância: ela ajuda a colocar a sequência das cenas de forma correta, evitando confusões com várias janelas abertas ao mesmo tempo. 

Leia mais:  WhatsApp vai liberar novos recursos em breve; confira quais

Esses recursos já exigiram investimentos altos, mas hoje são disponibilizados por diversos apps. A dica do Filmora é valiosa porque concentra todos esses recursos num programa só, com resultado de qualidade. Agora não tem mais desculpa para deixar o sonho de se tornar um YouTuber de lado. Seria você o próximo Felipe Neto?

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Xiaomi lança edição premium do Redmi K20 Pro nesta sexta-feira

Publicado

source
redmi k20 pro arrow-options
Divulgação/Xiaomi

Nova versão do Redmi K20 Pro chega ao mercado na próxima sexta-feira (18)


A Xiaomi anunciou o lançamento do smartphone Redmi K20 Pro Premium Edition para esta sexta-feira (18), através de uma publicação na rede social Weibo . O celular é uma versão mais poderosa do já existente Redmi K20 Pro , o topo de linha da Xiaomi, e, por enquanto, chega apenas ao mercado chinês. 

Junto com a data de lançamento, a Xiaomi publicou também uma foto do novo smartphone, que tem um design parecido com o do Redmi K20 Pro . No novo modelo, permanecem a tela AMOLED de 6,39 polegadas e o conjunto de câmeras . No total, são três lentes, sendo a principal com 48 MP. Na parte frontal do dispositivo, a câmera tem 20 MP. 

Leia também: Pulseira Mi Band 4, da Xiaomi, chega oficialmente ao Brasil; veja o preço

Apesar das similaridades, a edição premium do Redmi K20 Pro abusa nas especificações: são 512 GB de armazenamento interno e 12 GB de memória RAM , acompanhados do chipset Snapdragon 855+, uma versão melhorada do processador da versão padrão do smartphone . A bateria continua com 4.000 mAh, com compatibilidade para o carregamento rápido de 27W. 

Redmi K20 Pro Premium Edition arrow-options
Divulgação/Xiaomi

A Xiaomi divulgou a imagem do Redmi K20 Pro Premium Edition

Leia mais:  Briga! Apple acusa Google de criar pânico ao divulgar falha no iOS; entenda


Precinho camarada

Com especificações tão poderosas, o Redmi K20 Pro Premium Edition consegue manter o padrão Xiaomi de ter um bom custo-benefício . Na próxima sexta-feira (18), o smartphone chega ao mercado chinês custando 2.999 yuan, cerca de R$1.765, em conversão direta.

Leia também: Xiaomi anuncia o Mi 9 Pro, o smartphone 5G mais barato atualmente

Vale lembrar que o Redmi K20 Pro Premium Edition é a versão mais poderosa do smartphone topo de linha da marca. Comparando seu preço com o dos principais celulares de outras fabricantes, como o iPhone 11 Pro ou o Galaxy S10 Plus , o celular da Xiaomi realmente traz um bom custo-benefício. 

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana