Política Nacional

Agenda do dia

Publicado

8 horas Comissão de Educação Palestra: Sistema Nacional de Educação (SNE): acúmulos, impasses e desafios.
Os palestrantes serão o professor e ex-deputado Carlos Abicalil; e o professor da Universidade Federal de Goiás (UFG) Luiz Fernandes Dourado.
Plenário 10

9 horas
Comissão Geral
Comemoração da Semana Nacional da Agricultura Familiar e debate sobre as dificuldades para a sucessão nas pequenas propriedades, com a permanência dos jovens no campo e ameaças à aposentadoria dos trabalhadores rurais.
Plenário Ulysses Guimarães

9 horas Comissão de Educação Audiência pública para discutir a situação do CNPq e da Capes.
Foram convidados, entre outros, e os presidentes da Capes, Anderson Ribeiro Correia; e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, Ildeu de Castro.
Evento interativo pelo e-Democracia Plenário 10

9 horas
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural Encontro da comissão na 51ª Expofac.
Castanhal (PA)

9h30
Comissão de Seguridade Social e Família
Discussão e votação de propostas.
Plenário 7

9h30
Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania
Discussão e votação de propostas.
Plenário 1

9h30 Comissão Especial sobre Improbidade Administrativa (PL 10887/18) Audiência Pública, com a presença do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell.
E votação de requerimentos.
Plenário 2

9h30
Comissão de Desenvolvimento Urbano  Apreciação das indicações ao Prêmio Lucio Costa.
Ala C, sala 182 do anexo 2

10 horas 
Câmara dos Deputados
Seminário Gravidez na Adolescência – Para Além de Direitos, Uma Questão Desenvolvimento.
Auditório Nereu Ramos

10 horas
Comissão de Fiscalização Financeira e Controle Discussão e votação de propostas.
Plenário 9

10 horas
Comissão de Finanças e Tributação
Discussão e votação de propostas.
Plenário 4

10 horas Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional Discussão e votação de propostas.
Plenário 3

10 horas
Comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; e de Seguridade Social e Família
Seminário para debater sobre a gravidez na adolescência.
Auditório Nereu Ramos

10 horas
Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia Discussão e votação de proposições.
Plenário 15

10 horas
Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público
Discussão e votação de proposições.
Plenário 12

10 horas
Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática 
Discussão e votação de propostas.
Plenário 13

10 horas 
Comissão de Desenvolvimento Urbano 
Discussão e votação de propostas.
Plenário 16

10 horas
Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços
Discussão e votação de propostas.
Plenário 5

10 horas
Comissão de Defesa do Consumidor Discussão e votação de propostas.
Plenário 8

10 horas
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural
Discussão e votação de propostas.
Plenário 6

10 horas
Comissão de Minas e Energia
Discussão e votação de proposições.
Plenário 14

11 horas
Comissão de Educação
Discussão e votação de propostas.
Plenário 10

11 horas
Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços Audiência pública sobre o sínodo da Amazônia e a relevância da Zona Franca de Manaus.
Foram convidados, entre outros, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Josué Cláudio de Souza Neto; o presidente da Câmara Municipal de Manaus, Joelson Sales Silva; e o presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica, cardeal Cláudio Hummes.
Plenário 5

11 horas
Comissão de Viação e Transportes Audiência pública para debater os preços do óleo diesel, gasolina de aviação, Avgas, querosene de aviação e o cartão caminhoneiro.
Foi convidado o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.
Plenário 11

11 horas Comissão de Esporte Subcomissão Permanente do Futebol
Apresentação do plano de trabalho.
Sala 2, ala C do anexo 2

Leia mais:  Leila elogia Rotary em sessão especial de homenagem à entidade

12 horas 
Câmara dos Deputados
Seminário para Debater a Importância dos Povos e Comunidades para a Conservação do Cerrado.
Auditório Nereu Ramos

13 horas Comissão de Esporte Discussão e votação de propostas.
Plenário 4

13 horas
Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa Discussão e votação de propostas.
Plenário 12

13h30
Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher
Escolha das cinco vencedoras do Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós, edição 2019
Plenário 14

14 horas Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado Discussão e votação de propostas.
Plenário 6

13h30 
Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Seminário para debater a importância dos povos e comunidades do Cerrado para a conservação do bioma.
Evento interativo pelo e-Democracia Auditório Nereu Ramos

14 horas 
Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Discussão e votação de propostas.
Plenário 2

14 horas
Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa Audiência pública para debater o impacto da educação na qualidade de vida da pessoa idosa.
Foram convidados, entre outros, o membro do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento da UFRGS Johannes Doll; a presidente do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (Forproex), Adriana Marmori; e um representante do Ministério da Educação.
Evento interativo pelo e-Democracia Plenário 12

14 horas
Comissão de Turismo Discussão e votação de propostas.
Plenário 5

14 horas
Comissão de Cultura
Discussão e votação de propostas.
Plenário 10

14 horas
Comissão de Direitos Humanos e Minorias
Audiência pública para debater as consequências da exploração mineral em terras indígenas.
Foram convidados, entre outros, o subprocurador-geral da República, Antônio Carlos Alpino Bigonha; o representante da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) Paulino Montejo; e o secretário-executivo do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), Cleber César Buzatto.
Plenário 9

14 horas Comissão de Legislação Participativa Discussão e votação de propostas.
Plenário 3

14h30
Comissão Externa Destinada a Acompanhar as Obras Públicas Inacabadas no País
Audiência pública.
Foram convidados, entre outros, representantes do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea); do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR); e da Associação Brasileira de Consultores de Engenharia (ABCE).
Plenário 11

14h30 Grupo de Trabalho sobre o Código de Processo Penal (PL 8045/10) Audiência Pública sobre o Projeto de Código de Processo Penal.
Foram convidados, entre outros, representantes do Ministério da Justiça e Segurança Pública; do Supremo Tribunal Federal (STF); e da Defensoria Pública da União.
Plenário a definir

14h30 Comissão Especial que altera o Código Brasileiro de Trânsito(PL 3267/19) Instalação e eleição de presidente e vice.
Plenário 16

14h30
Comissão Especial para analisar repasse direto de emendas individuais para Estados e Municípios(PEC 48/19) Instalação e eleição de presidente e vice.
Plenário 15

14h30
Comissão do Esporte Audiência pública para debater a preparação do Brasil para os Jogos Mundiais Militares.
Foram convidados, entre outros, o diretor do Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa, general Jorge Antonio Smicelato.
Evento interativo pelo e-Democracia Plenário 4

14h30
CPI do BNDES
Audiência pública para a tomada de depoimento do ex-executivo do Bndes Julio Cesar Maciel Ramundo.
Plenário 7

14h30 
Conselho de Ética e Decoro Parlamentar
Instauração de processo contra o deputado André Janones (Avante-MG) e sorteio da lista tríplice para escolha do relator; parecer preliminar do relator, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), contra o deputado Boca Aberta (Pros-PR); e apresentação, discussão e votação do parecer do relator, deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), em processo contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS).
Plenário a definir

Leia mais:  Mudanças na Lei das Teles devem ser votadas nesta quarta-feira

14h30
Comissão Especial sobre Regulação de Moedas Virtuais pelo Banco Central (PL 2303/15)
Audiência pública; e votação de requerimentos.
Foram convidados, entre outros, o presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Antônio Carlos Ferreira de Sousa; o diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Ribeiro Damaso; e a presidente do Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Marilena Lazzarini.
Evento interativo pelo e-Democracia Plenário 13

14h30
Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas
Apresentação do plano de trabalho.
Plenário 9 da ala Alexandre Costa, no Senado

14h30
Comissão Mista sobre a MP 890/19
Medida provisória que institui o programa Médicos pelo Brasil.
Audiência pública.
Foram convidados, entre outros, o presidente da Associação Médica Brasileira, Lincoln Lopes Ferreira; um representante da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco); e o secretário-geral da Federação Nacional dos Médicos, Carlos Fernando da Silva.
Evento interativo pelo e-Cidadania Plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado

14h30
Comissão Mista sobre a MP 891/19
Medida provisória que torna permanente política de antecipação de metade do abono anual.
Instalação e eleição.
Plenário 6 da ala Nilo Coelho, no Senado

14h40
Comissão Mista sobre a MP 892/19
Medida provisória que restringe à internet publicações ordenadas pela Lei das S/A.
Instalação e eleição.
Plenário 6 da ala Nilo Coelho, no Senado

14h50
Comissão Mista sobre a MP 893/19
Medida provisória que muda nome do Coaf e transfere órgão para Banco Central.
Instalação e eleição.
Plenário 6 da ala Nilo Coelho, no Senado

15 horas
Comissão Mista sobre a MP 888/19
Medida provisória que mantém servidores cedidos à Defensoria Pública da União.
Discussão e votação do relatório do senador Lasier Martins (Pode- RS).
Plenário 7 da ala Alexandre Costa, no Senado

15 horas
Comissão de Cultura Audiência pública sobre Observatórios de Cultura.
Foram convidados, entre outros, a coordenadora do setor de Políticas Culturais da Fundação Casa de Rui Barbosa, Lia Calabre; o professor e pesquisador do CNPq e do Centro de Estudos Multidisciplinares da Cultura da Universidade da Bahia Albino Rubin; e o coordenador do Observatório da Diversidade Cultural, José Márcio Barros.
Plenário 10

15 horas
Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher
Discussão e votação de propostas.
Plenário 14

15 horas
Comissão Especial da Proteção Social dos Militares – Previdência dos Militares (PL 1645/19)
Audiência pública.
Foram convidados, entre outros, o vice-presidente executivo da Associação Nacional dos Auditores Fiscais (Anfip), Márcio Humberto Gheller; e o presidente do Forum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate), Rudinei Marques.
Plenário a definir

16 horas
Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas Desaparecidas
Lançamento da Frente.
Salão Nobre

16 horas
Votações em Plenário
Propostas remanescentes do dia anterior.
Plenário Ulysses Guimarães

17 horas
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural
Subcomissão Especial de Registro de Produtos Agrotóxicos
Instalação e eleição de presidente e vice-presidente.
Sala T-34, ala C, anexo 2

Fonte: Agência Câmara Notícias
Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Médico de Bolsonaro fará esta noite avaliação da alimentação

Publicado

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, informou que na noite de hoje (14) o cirurgião-chefe responsável pelo procedimento ao qual o presidente Jair Bolsonaro foi submetido, Antônio Luiz Macedo, deve avaliar novamente a alimentação do presidente. Atualmente, Bolsonaro está recebendo uma dieta líquida, essencialmente de chás e água, complementada pela alimentação endovenosa (pelas veias). Mais cedo, Macedo disse que espera o momento apropriado para passar a uma dieta cremosa, com alimentos um pouco mais consistentes, evitando sobrecarregar o intestino.

O presidente chegou a receber dieta líquida a partir de segunda-feira (9), um dia após a cirurgia para tratamento de uma hérnia no abdômen, formada em consequência das outras cirurgias que fez após a facada recebida em setembro do ano passado, durante a campanha eleitoral. A alimentação oral, no entanto, foi suspensa na quarta-feira (11).

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, fala à imprensa no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, sobre a prorrogação do afastamento do presidente, Jair Bolsonaro.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, diz que o presidente tem seguido estritamente as recomendações médicas – Arquivo/Agência Brasil

Foi introduzida ainda uma sonda nasogástrica para retirar o excesso de gás e líquido. O equipamento foi retirado na manhã de sexta-feira (13), quando também foi retomada gradualmente a ingestão de líquidos.

Visita

O presidente Jair Bolsonaro recebeu hoje (14) visita da família enquanto se recupera de uma cirurgia realizada no último domingo (8), no Hospital Vila Nova Star. Segundo o porta-voz da Presidência, Rêgo Barros, estiveram com o presidente a sua irmã, o cunhado e sobrinhos.

De acordo com o porta-voz, Bolsonaro tem seguido estritamente as recomendações médicas e usado “muito pouco” o celular, tanto para se informar, quanto para se comunicar. Ele está acompanhado pela esposa, Michele, e pelo filho Carlos, vereador da cidade do Rio de Janeiro pelo PSC. Não está agendado nenhum encontro com autoridades.

Recuperação lenta

Macedo explicou que o presidente tem como característica a demora para retomar as funções intestinais. O médico explicou que no processo de recuperação das duas outras vezes em que o operou, em setembro de 2018 e em janeiro deste ano, o intestino de Bolsonaro só voltou a funcionar em um processo lento. “É sempre um retorno lento. Mas quando retorna, vai rápido”, enfatizou ao comentar o estado de saúde do presidente.

Essa característica também está presente neste pós-operatório, segundo Macedo, apesar das condições favoráveis para a recuperação. “Ele está evoluindo bem, mas existe certa dificuldade no retorno intestinal”, acrescentou.

Com o atraso na recuperação, na quinta-feira (12) foi estendido o prazo de afastamento de Bolsonaro da Presidência por quatro dias, por decisão da equipe médica. O vice-presidente, Hamilton Mourão, segue no exercício da Presidência nesse período.

Esta é a quarta cirurgia a que o presidente se submete desde o ataque sofrido em setembro do ano passado.

 

 
Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Leia mais:  Leila elogia Rotary em sessão especial de homenagem à entidade
Continue lendo

Política Nacional

Bolsonaro tem melhora clínica progressiva e continua com dieta líquida

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro continua hoje (14) recebendo dieta líquida, complementada pela alimentação endovenosa (pelas veias). Segundo o boletim médico divulgado neste sábado pelo Hospital Vila Nova Star, ele apresentou “melhora clínica progressiva” e não teve dor ou febre. As visitas ainda estão restritas.

Recuperação lenta

De acordo com o cirurgião Antônio Luiz Macedo, responsável pelo procedimento ao qual Bolsonaro foi submetido no domingo passado (8), o presidente tem como característica a demora para retomar as funções intestinais. O médico explicou que no processo de recuperação das duas outras vezes em que o operou, em setembro de 2018 e em janeiro deste ano, o intestino de Bolsonaro só voltou a funcionar em um processo lento. “É sempre um retorno lento. Mas quando retorna, vai rápido”, enfatizou ao comentar o estado de saúde do presidente.

Essa característica também está presente neste pós-operatório, segundo Macedo, apesar das condições favoráveis para a recuperação. “Ele está evoluindo bem, mas existe certa dificuldade no retorno intestinal”, acrescentou.

Leia mais:  Estados e municípios pedem mudanças na reforma tributária para evitar perda de arrecadação

O presidente chegou a receber dieta líquida a partir de segunda-feira (9), um dia após a cirurgia para a correção de uma hérnia no abdômen, em consequência das outras cirurgias que fez após a facada recebida em setembro do ano passado, durante a campanha eleitoral. A alimentação oral, no entanto, foi suspensa na quarta-feira (11).

Foi introduzida ainda uma sonda nasogástrica para retirar o excesso de gás e líquido. O equipamento foi retirado na manhã de sexta-feira (13), quando também foi retomada gradualmente a ingestão de líquidos.

Com o atraso na recuperação, na quinta-feira (12) foi estendido o prazo de afastamento de Bolsonaro da Presidência por quatro dias, por decisão da equipe médica. O vice-presidente, Hamilton Mourão, segue no exercício da Presidência por este novo período.

A partir de hoje, Bolsonaro pode receber, de acordo com o médico, alimentos líquidos sem restrição. Macedo disse, entretanto, que vai aguardar o melhor momento para passar a uma dieta cremosa, com alimentos um pouco mais consistentes, evitando sobrecarregar o intestino.

Esta é a quarta cirurgia a que o presidente se submete desde o ataque sofrido em setembro do ano passado.

Leia mais:  Comissão aprova obrigatoriedade da entrega de imagens à polícia para ajudar a elucidar crimes

Veja na TV Brasil:

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana