Sinop

Corpo encontrado em mata de Sinop é de enfermeira, afirma filho.

Publicado

O corpo em estado avançado de decomposição foi encontrado em uma mata fechada em Sinop. A suspeita é de que se trata da enfermeira desaparecida há 11 dias, Zuilda Correia Rodrigues, 43, sendo confirmado pelo próprio filho dela. Já há uma prisão, informou a Polícia Civil.

As informações são da imprensa local, que acompanham os trabalhos das policiais Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros e Perícia Oficial e Identificação Técnica.

Apesar das forças de segurança não confirmarem, um dos filhos da enfermeira disse à imprensa que é o corpo da mãe. Ele acompanhou parte do trabalho e deixou o local em uma moto. Para a polícia, é necessário o exame de necropsia, até mesmo para esclarecer a causa da morte.

O corpo estava na mata que corta a Estrada Rute de Souza, há poucos metros do Centro de Treinamento de Freestyle do Joaninha. Um drone teria auxiliado nas buscas em meio à mata.

Delegado Carlos Eduardo Muniz que declarou  que a investigação seguia em sigilo, conta agora que e equipe de investigadores está há dois dias seguidos em diligências para esclarecer o crime. Confirmou ainda a prisão de um suspeito que não teve a identidade revelada.

Leia mais:  Prefeitura deve abrir seletivo para contratar 312 servidores em Sinop.

Coletiva de imprensa deve acontecer na tarde de terça, onde a polícia dará mais detalhes do encontro do cadáver e da prisão.

Cabelo e sangue no carro

Conforme o marido da vítima, de 32 anos, a esposa ficou em casa por volta das 19h e ele voltou para o trabalho, um espetinho na região central da cidade. Zuilda deveria ir até o local para trabalhar com o marido, mas não apareceu.

Ele retornou em casa às 20h e não encontrou a mulher, imaginando que ela poderia estar na igreja. Quando voltou do trabalho, já no fim do expediente, flagrou o carro dela na porta de casa, mas ela não estava no local.

Ao abrir o veículo, percebeu que havia marcas de sangue na lateral da porta e que havia ainda, cabelos espalhados pelo carro. Apesar das evidências, o boletim de ocorrência de desaparecimento só foi realizado na manhã de sábado (28).

Você poderá gostar de saber mais sobre os fatos neste link abaixo.

Polícia encontra manchas de sangue em carro de mulher desaparecida

Leia mais:  Jovem perde R$ 5 mil em golpe de financiamento.

Fonte: Yuri Ramires l GD

Comentários Facebook
publicidade

Sinop

Homem é preso em Sinop acusado de matar colega após ele negar pagar bebida.

Publicado

Aparecido Valtamir da Cruz, de 39 anos, foi preso  segunda-feira (14) pelos investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele é acusado de ter matado a vítima Paulo César de Arruda, de 41 anos. O assassinato aconteceu no dia 31 de Dezembro de 2018, no bairro Vila Juliana.

De acordo com informações, Aparecido foi morto com golpe de faca e a motivação do crime seria por conta de uma discussão entre o assassino e a vítima. Os dois estavam ingerindo bebida alcoólica na data do crime.

A prisão aconteceu em um posto de combustível, que fica às margens da BR-163. O acusado havia chegado do município de Claudia e foi surpreendido com a chegada da polícia que o reconheceu.

Aparecido foi preso e deve ficar na penitenciária Ferrugem.

RELEMBRE O CASO:

Paulo Cézar de Arruda, de 41 anos, morreu após ser esfaqueado no bairro Vila Juliana. A vítima estava internada no Hospital Regional de Sinop desde o último dia (31). O acusado do crime fugiu do local e não foi encontrado.

Leia mais:  Sorriso: Mulher da carona e poso a homem e ele furta seu veiculo na madrugada.

Segundo testemunhas que estavam no local a motivação do crime seria por conta de um homem, ainda não identificado, que teria pedido para que a vítima pagasse uma bebida e após ele negar o pedido, foi esfaqueado.

Fonte: GC Notícias

Comentários Facebook
Continue lendo

Sinop

Capital humano, “social” e infraestrutura derrubam Sinop no Ranking Exame.

Publicado

Sinop voltou a figurar no ranking das 100 melhores cidades para fazer negócios – elaborado pela Urban System a pedido da Revista Exame. Esse é o 4º ano consecutivo que a maior cidade do Norte de Mato Grosso aparece na lista dos “Top 100” melhores municípios para se investir. Se por um lado a pesquisa mostra o pujante desenvolvimento econômico de Sinop, por outro expõe as deficiências de uma cidade que cresce acima da média nacional.

Na edição 2019, publicada na quinta-feira (10), pela Revista Exame, apenas duas cidades de Mato Grosso aparecem no Ranking das 100 Melhores Cidades Para Fazer Negócios. A capital Cuiabá é a 14ª – subindo 4 posições com relação ao ano anterior. Sinop, que em 2018 figurou na posição 26 do ranking, neste ano caiu para 33º lugar. O motivo da queda não foi a retração econômica.

A pesquisa desenvolvida pela Urban System avalia 4 grupos de desenvolvimento: Econômico, Social, Capital Humano e Infraestrutura. Destes extrai-se a média para o Top 100.

O quesito Desenvolvimento Econômico leva em consideração o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), a geração de empregos, renda média dos trabalhadores, crescimento empresarial, diversidade econômica, importações, exportações e também dados financeiros, como depósitos em poupança, financiamentos e dívida consolidada do setor público. Nesse ponto, Sinop “surfa”. Quando apenas o Desenvolvimento Econômico é avaliado, Sinop salta da 33ª posição para a 13ª – ficando a frente de grandes capitais como São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e até mesmo Cuiabá. A capital de Mato Grosso cai para 34ª posição quando apenas o fator econômico é avaliado.

Leia mais:  Capital humano, “social” e infraestrutura derrubam Sinop no Ranking Exame.

Sinop só não está em uma posição mais relevante no ranking das 100 cidades porque falha nos demais quesitos avaliados pela pesquisa. Quando o assunto é Capital Humano, Cuiabá salta para a 6ª posição. Já Sinop desaparece – não sendo listada entre as 100 mais.

No tópico “Capital Humano” a Urban System avalia “questões sociodemográfica, econômicas e do setor de educação, em diferentes níveis de ensino, contrapondo não apenas a oferta do capital humano atual, como também o cenário futuro”. Sinop tem um péssimo desempenho nesse quesito, e também nos outros.

No levantamento referente ao Desenvolvimento Social, a pesquisa avalia o reflexo do desenvolvimento de negócios na cidade sobre a população local, por meio de indicadores como educação, saúde, segurança, IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e a “Esperança de Vida ao Nascer” – um indicador medido pelo IBGE. Nesse item, nem Cuiabá, nem Sinop – ou qualquer outra cidade de Mato Grosso – aparece na lista dos Top 100.

A ausência de Sinop se repete quando o assunto é Infraestrutura. Quando são avaliados apenas os indicadores referentes às facilidades que proporcionam ao desenvolvimento de empresas e negócios, como distribuição de água e esgoto, telecomunicações, energia e logística, Sinop não aparece entre as 100 mais. Cuiabá é a única cidade de Mato Grosso na lista, ocupando a 83ª posição.

Leia mais:  Policial atira e motoqueiro que tentou agressão é preso.

A avaliação da Revista Exame/Urban System expõe a defasagem de um Estado que apesar de muito rico e pujante ainda não consegue oferecer qualidade de vida e um ambiente prospero para sua população.

A PESQUISA

O Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios avalia os municípios com mais de 100 mil habitantes em 2018 (IBGE). Nesse grupo entram 317 municípios, do total de 5.570 municípios do país.

Esse grupo de cidades é responsável por 70% do PIB brasileiro, 62% das empresas do país, 72% dos empregos formais e 57% da população brasileira.

No total, a Urban System avalia 27 indicadores distribuídos nos 4 eixos da pesquisa.

Fonte: Jamerson Miléski

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana