Nacional

Flávio Bolsonaro compartilha post que compara 11 de setembro à facada em seu pai

Publicado

O senador Flávio Bolsonaro arrow-options
Jane de Araújo/Agência Senado

Flávio Bolsonaro vê relação entre o 11 de setembro e o atentado sofrido por seu pai

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) compartilhou, nesta quarta-feira, em seu perfil do Instagram, um post de seu partido que compara os ataques do 11 de setembro nos Estados Unidos em 2001, que deixaram 2.753 mortos, com o atentado a faca contra o pai durante a campanha presidencial em Juiz de Fora no dia 6 de setembro de 2018. Desde então, o presidente Jair Bolsonaro , que teve uma perfuração no intestino, passou por quatro cirurgias e está internado .

Leia também: Justiça nega último recurso, e “Viúva da Mega-Sena” é condenada por matar marido

“Há 18 anos um atentado nos Estados Unidos chocava o mundo inteiro: o ataque às Torres Gêmeas. Há um ano, o Brasil sofria um ataque à democracia: @jairmessiasbolsonaro foi esfaqueado em meio a um ato público. Dois episódios que impactaram a sociedade e deixaram marcas na história”, diz a legenda do post no perfil do partido de Bolsonaro .

Enquanto dois aviões sequestrados por terroristas da rede extremista Al-Qaeda colidiram com as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, provocando a queda de ambas, mais uma aeronave caiu sobre o Pentágono, na Virgínia, e outra na Pensilvânia. Essa série de ataques foi orquestrada por Osama Bin Laden , que foi morto no Paquistão em 2011.

“Minha solidariedade a todos os familiares de vítimas de terroristas”, escreveu Flávio Bolsonaro ao replicar a imagem em sua conta na rede social.

Autor do ataque a Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira foi considerado inimputável pela Justiça por sofrer de distúrbios mentais. Laudos anexados ao processo atestaram que o autor do atentado tem Transtorno Delirante Persistente e que o crime foi cometido em função desta condição. 

Leia também: Frota diz que Carlos Bolsonaro age como se fosse o presidente e deveria se calar

No primeiro inquérito, a  Polícia Federal não encontrou nenhum indício de que Adélio Bispo de Oliveira tenha agido a mando de uma segunda pessoa  quando esfaqueou Bolsonaro. Ele havia sido indiciado pelo crime de “atentado pessoal por inconformismo político” com base no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional.

O agressor de Bolsonaro está preso na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande (MS), que possui espaço para tratamento de sua doença. Ele seguirá no local enquanto não for verificada a cessação de sua periculosidade.

Comentários Facebook
Leia mais:  Suzane Richthofen e Ana Carolina Jatobá vão deixar prisão no Dia das Crianças
publicidade

Nacional

Suspeito de roubos na Estrada dos Bandeirantes neste sábado é preso pela PM

Publicado

source
Celulares em cima de carro arrow-options
Reprodução

Suspeito foi preso após roubar vários celulares

Foi preso neste sábado um suspeito de realizar vários assaltos na Estrada dos Bandeirantes , em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Ele foi conduzido por policiais militares do 31º BPM (Barra da Tijuca) para a 16ª DP, onde o caso foi registrado. As vítimas também compareceram à delegacia.

Segundo a PM, o suspeito teria assaltado pessoas em ponto de ônibus ou caminhando pela rua junto com outros dois homens, que conseguiram fugir. O trio teria saído da Cidade de Deus.

O ladrão estava em um carro, que foi apreendido, assim como os aparelhos celulares que estavam no interior do veículo.

Leia também: Tiroteio fecha a Rodovia Rio-Santos na altura de Angra dos Reis

Em nota, a Polícia Militar informou que uma equipe do 31º BPM foi acionada para uma ocorrência de roubos na Estrada dos Bandeirantes. Após realizar um cerco tático, os PMs localizaram e abordaram um veículo com as mesmas características ditas pelas testemunhas.

Leia mais:  Família e namorada de Lula pressionam para que ele cumpra pena em casa

Mais um suspeito de roubos foi preso em Jacarepaguá

Também em Jacarepaguá, outro suspeito de assalto foi preso neste sábado. A ocorrência foi na comunidade Gardênia Azul. Com ele, foram apreendidos quatro celulares e uma réplica de pistola.

Após realizarem um cerco tático, policiais militares do 18º BPM (Jacarepaguá) levaram o homem à 32 ª DP (Taquara), onde verificaram que ele já tinha duas anotações criminais.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Ialorixá do terreiro mais antigo de Salvador morre aos 96 anos na Bahia

Publicado

source
Mãe Tatá arrow-options
Reprodução/Facebook

Mãe Tatá comandava o terreiro candomblé mais antigo de Salvador

A ialorixá Mãe Tatá Oxum Tomilá, líder religiosa que comandava o terreiro de candomblé mais antigo de Salvador , na Bahia , morreu neste sábado (7) aos 96 anos. Ela estava em sua casa, no bairro do Engenho Velho da Federação, e morreu de causas naturais.

Nascida Altamira Cecília dos Santos, Mãe Tatá era a ialorixá da Casa Branca do Engenho Velho, o primeiro a ser tombado como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1984.

Leia também: Por que religiões afro-brasileiras são o principal alvo de intolerância no País?

Ainda não há informações sobre o sepultamento da sacerdotisa, considerada a mais antiga do Brasil entre as de nação Ketu, e o centro religioso que ela comandava terá suas atividades suspensas por um ano por causa da morte.

Comentários Facebook
Leia mais:  Suzane Richthofen e Ana Carolina Jatobá vão deixar prisão no Dia das Crianças
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana