Novo Mundo

Jovem de 20 anos morre após colidir na traseira de uma carreta na MT – 419 em Novo Mundo

Publicado

O acidente ocorreu por volta das 2h40min deste domingo (01) na MT – 419 em Novo Mundo, vitimando Bruno Cruz Kuffel de 20 anos.
Segundo uma testemunha que viu o acidente, Bruno seguia em uma motocicleta Honda BROSS, Novo Mundo sentido a cidade de Guarantã do Norte, quando em dado momento veio a chocar-se na traseira de uma carreta, que seguia no mesmo sentido. Acredita-se que o acidente ocorreu pelo fato da intensidade da poeira que estava no local.
O motorista da carreta não parou para prestar os primeiros socorros, ou sequer viu o acidente.
Bruno foi socorrido ainda com vida e levado às pressas para o hospital municipal de Guarantã do Norte, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
O ato fúnebre será em uma residência na Rua Fortaleza, em Novo Mundo.
Por/ O Território

Comentários Facebook
Leia mais:  Prefeito de Novo Mundo deve suspender processo seletivo para agente de saúde
publicidade

Novo Mundo

Prefeito de Novo Mundo é multado em 5 UPFs por não enviar informações ao TCE.

Publicado

Multado em 5 UPFs o prefeito de Novo Mundo, Antônio Mafini, por descumprir decisão do Tribunal de Contas de Mato Grosso. A decisão ocorreu na sessão de 09/10 da 2ª Câmara, durante julgamento do Monitoramento (Processo nº 136905/2019) do cumprimento de determinação do TCE referente ao Julgamento Singular nº 1054/MM/2018, decorrente do Processo nº 229393/2018 – uma Representação de Natureza Interna referente ao descumprimento do prazo de envio de documentos e informações até 31/12/2016.

Segundo o conselheiro relator, Moises Maciel, foi determinado ao gestor do município de Novo Mundo, Antônio Mafini, por meio do Julgamento Singular 1054/MM/2018, publicado em 22/11/2018, para que o mesmo procedesse o envio dos documentos constantes nos itens 17, 21, 22, 27 e 29 ao TCE em 60 dias. A determinação foi parcialmente cumprida, em razão do não encaminhamento dos itens 21 e 22, conforme determinação com prazo.

Foi determinado ao atual gestor da Prefeitura Municipal de Novo Mundo que encaminhe os documentos constantes como não enviados, descritos pelos itens 21 e 22 do relatório técnico, sob pena de incorrer em reincidência da irregularidade acima mantida.

Leia mais:  Prefeito de Novo Mundo deve suspender processo seletivo para agente de saúde

Fonte: Assessoria TCE

Comentários Facebook
Continue lendo

Novo Mundo

Prefeito de Novo Mundo deve suspender processo seletivo para agente de saúde

Publicado

O prefeito de Novo Mundo, Antonio Mafini, deve se abster de dar prosseguimento aos atos do Processo Seletivo Público de Provas e Títulos, regido pelo Edital nº 002/2019. O conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Guilherme Antonio Maluf, concedeu cautelar em Representação de Natureza Interna formulada pela Secretaria de Controle Externo de Atos de Pessoal, em desfavor da Prefeitura Municipal de Novo Mundo, em razão de supostas irregularidades no processo seletivo, que tem por finalidade o preenchimento de vagas ao cargo de Agente Comunitário de Saúde. Em caso de descumprimento foi fixada multa diária de 10 UPFs.

Entre as irregularidades apontadas pela equipe técnica estão a previsão, na segunda e terceira etapas do certame, de entrevista individual e coletiva, de caráter eliminatório e classificatório, que extrapolam o critério objetivo do certame; a fixação de prazos apenas para os recursos interpostos contra as provas, gabarito e publicação do resultado final do Processo Seletivo, ignorando a interposição de recursos contra outras fases do certame, como impugnação do edital; fixação indevida de pesos iguais para as provas objetivas e as fases subjetivas, extrapolando novamente o critério objetivo; não definição de um cronograma detalhado de todas as etapas visando garantir a transparência do certame; e o não envio pelo gestor ao TCE-MT, via Sistema Aplic, do Edital de Abertura do Processo Seletivo Público nº 002/2019, em três dias úteis após a publicação.

Leia mais:  Prefeito de Novo Mundo deve suspender processo seletivo para agente de saúde

Ao analisar o pedido de cautelar, o conselheiro Guilherme Maluf concluiu pela plausibilidade das irregularidades suscitadas pela Unidade Técnica, especialmente na tese de que as entrevistas extrapolam o critério objetivo, além de ofender o princípio da legalidade. Verificou também que a realização das provas no dia 01/09/2019 e a iminência de prosseguimento e conclusão do certame eivado de vícios podem vir a comprometer a sua validade e ocasionar prejuízos irreparáveis ou de difícil reparação ao Município de Novo Mundo, em virtude da necessidade de refazer todo o procedimento, com a restauração dos prazos para a realização das diversas etapas do Processo Seletivo.

O conselheiro também entendeu ser necessário incluir no polo passivo do processo a presidente da Comissão Especial de Seleção de Pessoal e subscritora do Edital nº 002/2019, Roberta Mezalira Venturoso. “Dentro de suas competências, pode ter concorrido para a ocorrência da irregularidade detectada, além do que poderá em muito colaborar com a elucidação dos fatos versados nos autos”, ressaltou o conselheiro. Ela e o prefeito Antonio Mafini foram citados para que em 15 dias se manifestem sobre os fatos e as irregularidades apontadas no Relatório Técnico Preliminar.

Leia mais:  Prefeito de Novo Mundo é multado em 5 UPFs por não enviar informações ao TCE.

Julgamento Singular nº 1011/GAM/2019 referente à Representação de Natureza Interna (Processo nº 242845/2019) foi disponibilizado na edição extraordinária nº 1718 do Diário Oficial de Contas de ontem quarta-feira (04/09).

Fonte: Assessoria TCE

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana