Polícia MT

Policiais civis recebem treinamento para prevenção e reação a violência urbana

Publicado

Assessoria | PJC-MT

O treinamento constante para prevenção e reação contra a violência urbana é uma necessidade para os profissionais que atuam diariamente em ocorrências criminais. A capacitação ao policial, para que saiba agir adequadamente,  tanto durante o desempenho da atividade, quanto em seus momentos de folga, tem sido realizada pela Gerência de Operações de Especiais (GOE), para policiais de unidades da capital e do interior.

Na semana passada, atendendo pedido, 20 policiais civis da Delegacia da Polícia Civil de Barra do Bugres (168 km a Médio-Norte), participaram do treinamento, ocorrido nos dias 10 a 12 de setembro.

Nos três dias de curso realizado no município, os policiais civis receberam instruções e participaram de intenso treinamento de Combate Velado, Oficinas Drills, Situações de Sobrevivência, Porte velado, Saque velado e Teoria Sobrevivência Urbana em tempos de violência.

A realização do curso contou com a parceria do empresariado local, que investiu R$ 11 mil reais, com a aquisição de 3 mil munições 40 (pistola), além de outros parceiros que disponibilizaram o local apropriado.

Leia mais:  Policiais prendem em flagrante homem que tentava sacar R$ 67 mil com documentos falsos

A turma de 20 alunos, dentre investigadores, escrivães e o delegado da unidade, Renato Resende do Nascimento, recebeu certificado de 20 horas/aula, expedido pela Academia de Polícia Judiciária Civil (Acadepol).

Conforme um dos instrutores do Goe, investigador Edcarlos Campos, o curso traz o situações onde uma simples atitude errada pode resultar no pior, que é a morte. “Para que isso não aconteça, trabalhamos desde a observação até a ação, resultante dos vários conjuntos e cenários possíveis frente à criminalidade”, disse.

O delegado de Barra do Bugres/MT, Renato Resende do Nascimento,  agradeceu policiais da GOE (Edcarlos, Otony, Gustavo e Daniel) pela disposição e desígnio em dividir os conhecimentos.

“Devemos sempre buscar a qualificação e capacitação dos nossos servidores, aprimorando as suas técnicas e visando a diminuição dos riscos atrelados à atividade policial, motivo pelo qual o treinamento é essencial”, afirmou.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Polícia MT

Polícia Civil fecha ponto de venda de entorpecentes e apreende adolescente

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Em ação investigativa, a Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina fechou um ponto de venda de entorpecentes, apreendeu um adolescente e porções de drogas na tarde de quarta feira (16.10), no município.

Após receber várias denúncias de que uma residência no bairro Henry 2 estaria sendo utilizada como ponto de venda de entorpecente e havia a presença de menores de idade comercializando drogas no local, equipes da delegacia municipal passaram a monitorar a casa, onde foi apreendido o adolescente M.S, 17 anos. Em buscas pelo imóvel, foram localizadas quatro porções de substância análoga à maconha e outras porções de pasta base de cocaína totalizando aproximadamente 170 gramas de entorpecentes.

O adolescente apreendido tem outras passagens por atos infracionais análogos a roubo, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, ameaça e lesão corporal.

O delegado Raphael Diniz Garcia realizou a apreensão em flagrante do adolescente, que foi autuado por ato infracional a tráfico de drogas e associação para o tráfico e colocado à disposição da justiça local.

 

Leia mais:  Polícia Civil e PRF cumprem 5 mandados em operação de combate ao tráfico na fronteira

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Polícia Civil recebe equipamentos de informática em parceria com Ministério Público

Publicado

Assessoria/PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil recebeu nesta quarta-feira (16.10) a doação de equipamentos de informática do Ministério Público Estadual. O termo de doação foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, pelo delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval de Resende e pela diretora de Execução Estratégica da PJC, Daniela Silveira Maidel.

Foram entregues 37 computadores completos, 38 CPUs, 25 impressoras e 212 nobreaks. Os equipamentos serão destinados às delegacias do interior do estado para reforçar o trabalho desenvolvido pelas equipes policiais.

“Esses computadores vêm em boa hora, pois a Polícia Civil já estava com seu estoque quase zerado em relação à quantidade de computadores. Esses equipamentos são cruciais para que os trabalhos ocorram da melhor forma”, destacou o delegado-geral da Polícia Civil.

O procurador-geral de Justiça também falou sobre a importância da parceria. “Sabemos das demandas das delegacias. Esses equipamentos vão ajudar no trabalho de investigação que, ao final do inquérito, segue para o Ministério Público verificar se oferece ou não a denúncia”, destacou.

Leia mais:  Equipe Especial interroga esposa de cabo em investigações das interceptações ilegais

Os computadores doados eram utilizados pela Procuradoria-Geral de Justiça e Promotorias do interior. Todos os equipamentos estão em boas condições de uso.

Com informações da Assessoria MPE-MT

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana