Nacional

Ponte do Jaguaré é interditada novamente para nova etapa das obras

Publicado

source


Ponte do Jaguaré arrow-options
Mister Shadow / ASI / Agência O Globo

Ponte do Jaguaré, em São Paulo, volta a ter interdições a partir de hoje (14) depois de sua estrutura ter sido abalada

A partir deste sábado (14), a Ponte do Jaguaré, na Zona Oeste de São Paulo, passa a ser interditada até o dia 25 de outubro para nova etapa das obras de recuperação da estrutura atingida pelo incêndio do dia 21 de junho, informa a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB).

LEIA MAIS: Após incêndio, ponte do Jaguaré segue interditada para veículos 

Tanto durante o sábado (14) quanto no domingo (15) a Ponte do Jaguaré será totalmente interditada. Em seguida, serão liberadas pistas alternadamente nos dois sentidos, Centro e bairro, mas apenas para automóveis, motos e ônibus de dois eixos. Os veículos pesados, caminhões e ônibus acima de dois eixos continuam proibidos de circular na ponte.

Iniciado no dia 24 de junho, o laudo emergencial que detalha a situação da estrutura da Ponte do Jaguaré deverá ser concluído em até 180 dias pela empresa EGT (Engenharia LTDA). E o término de todas as obras necessárias está previsto para dezembro, conforme a empresa responsável pelos serviços, a G2) Gerenciamento e Obras Ltda.

Leia mais:  Médico é preso por suspeita de estuprar paciente durante exame proctológico

LEIA MAIS: Após incêndio, Ponte do Jaguaré ficará fechada para análise de danos

Mais detalhes sobre a Ponte do Jaguaré

Ponte do Jaguaré arrow-options
Reprodução/TV Globo

Chamas atingiram área abaixo da Ponte do Jaguaré, localizada na zona norte de São Paulo

A Prefeitura de São Paulo  já fez vistoria em 73 pontes das 185 que existem na cidade. Isso acabou resultando na contratação de 18 laudos estruturais que já foram entregues. Outros 36 estão com licitações suspensas para atender aos pedidos do Tribunal de Contas do Município de São Paulo. E mais 19 estão com licitação para serem contratados.

A interdição alternada da Ponte do Jaguaré será feita com duas faixas no sentido bairro/centro e uma no contrário durante o horário de pico da manhã e o mesmo esquema à tarde.  

LEIA MAIS: Grande incêndio atinge Ponte do Jaguaré, zona oeste da cidade de São Paulo

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informa que a a inversão da operação na Ponte do Jaguaré será feita conforme as condições de trânsito. E que a circulação de pedestres se dará pela faixa de canalizada ao lado da calçada bloqueada. 

Leia mais:  Bolsonaro celebra cirurgia bem sucedida: “Logo estarei de volta ao campo”

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Petrobras é condenada por caso de assédio sexual e vai pagar R$ 112 mil de multa

Publicado

source
petrobras arrow-options
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Fachada da sede da Petrobras, no Rio de Janeiro

A   Petrobras  foi condenada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) a pagar indenização de R$ 112 mil  a uma técnica de edificações  vítima de assédio sexual.

A decisão foi da Segunda Turma do TST, que considerou a indenização de R$ 30 mil fixada anteriormente como insuficiente para coibir novos casos. A funcionária prestava serviços à empresa, em Belém (PA), e foi assediada pelo fiscal do contrato, empregado da estatal.

Leia mais: Reforma de prédio que desabou ainda não tinha começado, diz engenheiro

A decisão do TST reformou a sentença do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (PA) que reduziu para R$ 30 mil o valor de R$ 112 mil arbitrado pelo juízo de primeiro grau.

De acordo com o processo, o fiscal havia presenteado a empregada com roupas íntimas durante um “amigo oculto” e a convidou a passar um fim de semana em sua casa de praia. O convite não foi aceito, o que o teria levado a persegui-la. A partir daí, ele passou a reclamar do desempenho do trabalho da subordinada e a desqualificá-la profissionalmente.

Leia mais:  OAB defende derrubada de vetos na lei de abuso de autoridade

Inibir novos casos

Na avaliação da relatora do recurso, ministra Maria Helena Mallmann, o valor que havia sido fixado pelo TRT não atende ao   critério pedagógico, não considera o porte econômico da empresa nem inibe a ocorrência de outras situações similares.

Leia também: Militar da FAB detido com cocaína em aeroporto espanhol é condenado a 8 anos

A ministra ressaltou que as investidas não eram veladas, mas perante diversos colegas, e lembrou que, na hipótese, a vulnerabilidade é ainda maior por se tratar de  empregada terceirizada vítima de assédio sexual  por parte de superior hierárquico e empregado de empresa pública.

“São notórias as dificuldades enfrentadas pelas mulheres no mercado de trabalho, e o assédio sexual fragiliza ainda mais a sua manutenção no emprego e a ocupação de melhores cargos”, afirmou. “Por essa razão, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) aprovou a Convenção 190, ratificada pelo Brasil em junho de 2019, que é contra a violência e assédio no mundo do trabalho”.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Reforma de prédio que desabou ainda não tinha começado, diz engenheiro

Publicado

source
caminhão arrow-options
WhatsApp/Divulgação

Prédio desabou pouco antes das 11 da manhã

Em depoimento à polícia, o engenheiro da empresa contratada para reformar as pilastras de sustentação do Edifício Andréa, que desabou em Fortaleza na última terça-feira (15), afirmou que as obra começaria no dia em que o prédio caiu.

Segundo a TV Verdes Mares, o profissional afirmou, ainda, que estava presente no local no momento do desabamento e que conseguiu correr e salvar a própria vida. Vídeos gravados por moradores no dia anterior à queda do edifício mostram partes das pilastras de sustentação do local danificadas.

Leia também: Bombeiros confirmam quinta morte em desabamento de prédio em Fortaleza

Até o momento, cinco mortes foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros e sete pessoas foram resgatadas do local com vida. Cinco pessoas ainda estão desaparecidas sob os escombros e os bombeiros têm esperança de encontrar alguém vivo.

Um inquérito policial foi aberto para investigar a causa da queda, mas a perícia na área só será iniciada quando as operações do Corpo de Bombeiros para resgate de vítimas forem encerradas.

Leia mais:  Juan Guaidó cria conselho para convocar eleições presidenciais na Venezuela

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana