Política MT

Terceira oitiva da CPI da Previdência é realizada na ALMT

Publicado

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A terceira oitiva da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência acontece nesta terça-feira (15), às 14 horas, durante a 8ª reunião ordinária, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O convidado pela equipe técnica é Jair Ribeiro Teixeira, que atuou na gestão de patrimônio do Instituto de Previdência do Estado de Mato Grosso (Ipemat).

A Comissão já ouviu dois depoentes até o momento, o primeiro foi Anélio Gouduberto, o segundo Sebastião Rodrigues da Silva, ambos, ex-liquidantes extrajudiciais do Ipemat.

Conforme a equipe técnica, os próximos convocados para serem ouvidos serão: Ronaldo Taveira, ex-presidente do MTPrev e Ronaldo Campos Fraga, membro da Comissão que fez gestão do patrimônio do Estado na Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

Serviço:
Terceira oitiva da CPI da Previdência
Data: 15/10/2019
Horário: 14 horas
Local: Sala das Comissões, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Comentários Facebook
Leia mais:  Deputados aprovam programa de reciclagem de entulho
publicidade

Política MT

Projeto de lei cria Política Estadual de Investimentos de Impacto Social

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é o autor do Projeto de Lei nº 1130/2019, que institui a Política Estadual de Investimentos e Negócios de Impacto Social.

A proposta, em andamento na Assembleia Legislativa, define o que são negócios e investimentos de impacto, bem como das organizações intermediárias.

A Política Estadual de Investimentos e Negócios de Impacto Social tem como meta articular órgãos e entidades da administração pública estadual, do setor privado e da sociedade civil, na promoção de um ambiente favorável e simplificado ao desenvolvimento de investimentos e negócios de impacto.

O texto ainda tem como meta incentivar a atratividade dos instrumentos de fomento e de crédito para os negócios de impacto, por meio da mobilização de recursos públicos e privados destinados ao investimento e ao financiamento de suas atividades.

O projeto de lei também estabelece aqueles que poderão desenvolver negócios de impacto social.  

Comentários Facebook
Leia mais:  Sinfra atende Dr. João e realiza obras em ponte queimada e Anel Viário de Tangará
Continue lendo

Política MT

Aleitamento materno é tema de primeira reunião da frente parlamentar na Assembleia Legislativa

Publicado

Apenas 23 países no mundo têm taxas de amamentação exclusiva de leite materno acima de 60%, no Brasil esse percentual não chega a 40%, segundo a OMS

Foto: Ronaldo Mazza / Secretaria de Comunicação Social Para o deputado Dr. Gimenez, que é médico, falar em amamentação é tratar de saúde preventiva, porque ela é um dos mais efetivos e rentáveis investimentos sociais

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Apenas 23 países no mundo têm taxas de amamentação exclusiva de leite materno acima de 60%. No Brasil, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o percentual é de 39%. Para buscar vencer desafios comuns de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso realizará nesta terça-feira (5), às 9h, a primeira reunião da Frente Parlamentar da Saúde da Mulher. 

O encontro será na sala de reunião da vice-presidência, com a participação da equipe de profissionais do Banco de Leite do Hospital Universitário Julio Müller (HUJM), e a coordenação do deputado estadual Dr. Gimenez (PV). Médico há mais de 40 anos, o parlamentar quer contribuir com as políticas públicas da saúde preferencialmente para o público feminino e infantil no estado.

Leia mais:  AL vai discutir PEC que reduz 1/3 dos senadores da República

“Falar em amamentação é tratar de saúde preventiva, porque ela é um dos mais efetivos e rentáveis investimentos que os países podem fazer na saúde de seus cidadãos e na futura saúde de suas economias e sociedades. Amamentar traz benefícios para os bebês e suas mães, principalmente nos primeiros meses de vida, prevenindo doenças e estilando o desenvolvimento das crianças”, frisa o deputado.

A Frente Parlamentar Saúde da Mulher atuará por um período de dois anos e visa receber demandas de todos os segmentos femininos, desde a área da infância e juventude, passando por gestantes, mães e idosas. O objetivo é realizar encontros mensais, às terças-feiras, para oferecer apoio voluntário de grupos já existentes.

“Nossa intenção não é criar novas políticas públicas e sim fazer valer o que já existe, de modo que o público feminino seja atendido pela saúde pública e particular de maneira ágil, adequada e humanizada, porque além de ser um direito da mulher, é um dever do estado. Queremos priorizar a qualidade de vida delas, que são hoje esteio de muitas famílias brasileiras”, frisa o parlamentar e médico. 

Leia mais:  Deputado leva ‘Vem pro Enem’ a mil estudantes da região oeste

Os encaminhamentos e demandas podem ser feitas diretamente ao gabinete do deputado Dr. Gimenez a partir do telefone (65) 3313-6795 ou no e-mail drgimenezmt@gmail.com. 

SERVIÇO

Evento: Primeira Reunião da Frente Parlamentar da Saúde da Mulher
Data: 05/11 (terça-feira)
Horário: 9h
Local: Sala de Reunião da vice-presidência, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, em Cuiabá.
 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana