GUARANTÃ DO NORTE

Advogada agride jovem dentro de escritório de advocacia em Guarantã do Norte.

Publicado

Uma advogada de Guarantã do Norte, Jéssica Teixeira Passos é acusada de agredir um jovem de 21 anos. O fato ocorreu nas dependências do escritório de advocacia por volta das 14h20min desta segunda-feira (05).
Segundo o boletim de ocorrência registrado na polícia civil, Jéssica Teixeira teria chamado o jovem até o seu escritório para conversar. No meio da conversa a advogada percebeu que estava sendo filmada, foi quando ela partiu para cima da vítima com socos no rosto, chute nas partes íntimas e arranhões. A intenção da advogada era tomar o celular da vítima.
Toda a confusão se deu devido ao jovem ser ex-namorado de uma amiga da advogada e que ela estaria comentando para outras pessoas sobre a vida pessoal da vítima.
A advogada foi flagrada chamando a vítima de ‘’macho escroto’’ ‘’gigolô barato’’ e ainda cometeu um ato homofóbico, falando que a vítima ‘’ocupa o seu dia dando’’.
O site O Território entrou em contato com o presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Dr. Marcus Augusto Giraldi Macedo para saber quais as providências que serão tomadas referente a advogada. ” A OABMT através da 14ª Subseção de Peixoto de Azevedo, entende que todas as relações interpessoais devem ser pautadas em condutas de urbanidade, repudiando-se ainda, qualquer tipo de violência física ou moral. Informamos que já agendamos com o Sr. Weliton para receber seu pedido de providências, que será imediatamente encaminhado, juntamente com todo o material apresentado por ele, para o Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/MT, para avaliação da conduta da Advogada envolvida, e demais providências que entenderem necessárias”. Disse Macedo.

Segundo o Estatuto da OAB a advogada pode responder por uma advertência ou até uma exclusão, que é a retirada da infratora dos quadros da OAB do Brasil, impedindo-a de exercer a profissão de advogada.

Veja o vídeo: 

Posted by Weliton Matheus on Tuesday, October 6, 2020

Comentários Facebook
publicidade

GUARANTÃ DO NORTE

Bombeiros de Guarantã do Norte fazem resgate, mas motorista morre antes de chegar ao hospital

Publicado

O Corpo de Bombeiros informou que fez o resgate do motorista de uma Mercedes-Benz branca, que tomou na Serra do Cachimbo, já na região do Pará. No entanto, quando estavam chegando em Guarantã do Norte, hoje, no início da tarde, o caminhoneiro acabou não resistindo aos graves ferimentos e morreu. Ele foi identificado como Gildásio Menezes da Silva, de 65 anos.

Um soldado dos Bombeiros explicou que o caminhoneiro foi retirado das ferragens da carreta por populares que fizeram o deslocamento dele e encontraram a Unidade de Resgate durante o deslocamento. “Fizemos a transferência e seguimos para Guarantã. No caminho, fizemos até um torniquete (usado para barrar a circulação sanguínea), mas faltando pouco para chegar na cidade ele morreu”, disse o militar.

O motorista teve as pernas prensadas pelas ferragens da carreta que tombou de lado. Por conta disso, sofreu lesões graves e uma das pernas acabou sendo amputada.

As possíveis circunstâncias de como pode ocorrido o tombamento da carreta não foram detalhadas. A Polícia Civil investigará as causas.

O local onde Gildásio Menezes será sepultado ainda não foi confirmado.

Só Notícias/Cleber Romero

Comentários Facebook
Continue lendo

GUARANTÃ DO NORTE

Macaca vítima de atropelamento é resgatada em Guarantã do Norte.

Publicado

Uma macaca da espécie cuxiú-de-nariz-branco foi resgatada às margens da rodovia BR-163. A primata foi entregue pela população ao Corpo de Bombeiros Militar que acionou a regional da secretaria de Estado de Meio Ambiente em Guarantã do Norte, ontem.

O animal recebeu os primeiros atendimentos em uma clínica particular no município seguiu para o câmpus de Sinop da Universidade Federal de Mato Grosso. A jovem fêmea aparenta ter sido vítimas de maus tratos. Por ser dócil e apresentar subnutrição, há suspeita de que tenha sido domesticada ilegalmente.

A Coordenadoria de Fauna e Recursos Pesqueiros da Sema já acionou Centro Nacional de Primatas para que a macaca receba os devidos encaminhamentos assim que tiver alta hospitalar. O cuxiú-de-nariz-branco é uma espécie quase ameaçada de extinção nativo da região Sul da Floresta Amazônica. É um primata pequeno, de até 3 quilos, e normalmente vive em bandos de até 40 indivíduos.

A Sema orienta a população a não tentar domesticar animais de vida livre. Manter animais silvestres em cativeiro sem a devida anuência dos órgãos ambientais é ilegal e traz prejuízos à saúde do animal e ao desenvolvimento do animal, como estresse e subnutrição, podendo, inclusive, leva-lo a óbito.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana