Matupá

Advogado, tenente da PM e um terceiro investigado são presos por envolvimento em furto de avião em Matupá.

Publicado

A Polícia Civil acabada de confirmar que um advogado, um tenente da polícia militar de Peixoto de Azevedo e uma terceira pessoa foram presos acusados de envolvimento no furto do avião Cessna Aircraft 182, prefixo PT-JAX, em Matupá. As identidades deles ainda não foram confirmadas.

Nos dias 13 e 14 deste mês, a polícia também prendeu outros dois envolvido com o crime. Os mandados judiciais foram expedidos pela Vara Única de Matupá, com base em investigações da Polícia Civil coordenadas pela delegada Juliana Rado, que confirmou que o suspeito preso é um dos pilotos do avião.

A aeronave foi furtada do aeroporto de Matupá no 21 de abril (feriado). Os criminosos estouraram o cadeado com a corrente que estava na hélice e também furtaram mais de 3 mil litros de querosene do posto de abastecimento.

Já o avião foi encontrado por policias com apoio do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Sorriso no dia 24 passado, em mata entre os municípios de Terra Nova do Norte e Nova Guarita (156 e 200 quilômetros de Sinop, respectivamente). A aeronave caiu, ficou muito danificada. Não houve vítima fatal na queda e os ocupantes da aeronave fugiram.

Em instantes, mais detalhes

Só Notícias/Cleber Romero

Comentários Facebook
publicidade

Matupá

Advogada tem diversas fraturas após cair de ponte com bicicleta em Matupá

Publicado

Uma advogada, 38 anos, ficou ferida após cair com uma bicicleta de uma ponte, localizada na estrada de uma fazenda, no município de Matupá, ontem. As informações foram confirmadas pelo advogado Marcus Macedo, que é presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Peixoto de Azevedo, ao Só Notícias.

Ele explicou que participava com a advogada e outros ciclistas de um pedal na região quando ocorreu o acidente. Ela foi socorrida por uma ambulância e levada ao hospital local. “Estivemos o dia todo com outros amigos acompanhando a situação, mas já conseguiu a regulação para Cuiabá. Ela sofreu diversas fraturas, mas estava consciente, estável e fora de perigo”.

Macedo afirmou ainda que a advogada “necessitou de transferência em virtude da necessidade de cirurgia ortopédica mais complexa”.

Só Notícias/Cleber Romero

Comentários Facebook
Continue lendo

Matupá

Dois homens tenta estuprar jovem de 18 anos e ameaça matar a filha

Publicado

Dois homens, de 30 e 39 anos, foram presos na madrugada da última sexta-feira (13), em Matupá, suspeitos de tentarem estuprar uma jovem de 18 anos. Segundo a vítima, na ação, ela foi agredida com socos na cabeça e a dupla ainda ameaçou matar a filha dela. O carro dos agressores quebrou em uma estrada, o que possibilitou a fuga da vítima. Ela se escondeu em um matagal até conseguir acionar a Polícia Militar.

De acordo com as informações, por volta das 5h30, PM recebeu informações via 190 de uma jovem que afirmou que dois homens tentaram estupra-la, além de terem ameaçado ela e sua filha de morte. Ela estava sozinha às margens da MT-322 e precisava de ajuda.

Os policiais saíram em busca da jovem, quando na rodovia, foram abordados por dois homens – que batiam com a discrição feita pela vítima –, eles relataram que estavam em companhia de uma moça desde as primeiras horas da madrugada, mas que ela havia ‘surtado’ e agredido um deles, mostrando marcas de mordidas.

Para apurar melhor os fatos, a dupla foi levada para o quartel da PM, até que a vítima fosse encontrada. Os militares voltaram para a rodovia e encontraram a jovem, que estava bastante abalada e chorava muito, conforme o relato dos servidores.

Segundo ela, na noite de quinta-feira (12), estava em uma boate na cidade de Peixoto de Azevedo junto com um grupo de amigas, até que os dois suspeitos se aproximaram. Eles começaram a pagar bebidas, enturmaram com o grupo e quando a boate fechou, eles convidaram o pessoal para irem até Matupá, onde estava acontecendo uma festa.

O grupo se dividiu, alguns foram de motocicleta e a vítima foi no carro com os dois suspeitos, que começaram as investidas.

Fica comigo?

Um deles questionou se a vítima ficaria com o amigo, ela respondeu que talvez. Subindo o tom, ofereceu dinheiro para manter relação sexual com ela, que negou. Temendo, pediu para ser deixada em Peixoto, que voltaria para casa.

Mas, um dos suspeitos afirmou que era policial e que ‘podia fazer algum mal para ela’. Apesar da ameaça, os homens foram até a casa e quando a jovem ia descer do carro, ela foi segurada pelo braço e puxada novamente para dentro.

A dupla arrancou com o veículo no sentido MT-322 e no trajeto, teve seu corpo violado pelos agressores, que perceberam o nome da filha dela tatuado em seu braço, proferindo ameaças de morte contra a criança. Na tentativa de se defender do crime sexual, mordeu um dos suspeitos, que desferiu socos em sua cabeça.

Quando o agressor entrou com o veículo na estrada de uma fazenda, o carro quebrou. Ela aproveitou a oportunidade para tentar chamar a polícia, momento em que um dos suspeitos tomou seu celular. Enquanto ela era ameaçada, a dupla pensava como iriam sair daquela situação.

Em um momento de descuido, ela conseguiu pegar o celular do agressor e correu para dentro da mata, onde se escondeu e só saiu quando percebeu que eles não estavam mais por perto, acionando a PM via 190.

Diante dos fatos, os policiais retornaram para o quartel e deram voz de prisão para a dupla. Um deles apresentou resistência ao ser algemado e alegou ‘fobia’, começando a gritar sem parar, sendo necessária intervenção para evitar uma lesão.

Fonte: Folha Max

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana