Matupá

Advogado, tenente da PM e um terceiro investigado são presos por envolvimento em furto de avião em Matupá.

Publicado

A Polícia Civil acabada de confirmar que um advogado, um tenente da polícia militar de Peixoto de Azevedo e uma terceira pessoa foram presos acusados de envolvimento no furto do avião Cessna Aircraft 182, prefixo PT-JAX, em Matupá. As identidades deles ainda não foram confirmadas.

Nos dias 13 e 14 deste mês, a polícia também prendeu outros dois envolvido com o crime. Os mandados judiciais foram expedidos pela Vara Única de Matupá, com base em investigações da Polícia Civil coordenadas pela delegada Juliana Rado, que confirmou que o suspeito preso é um dos pilotos do avião.

A aeronave foi furtada do aeroporto de Matupá no 21 de abril (feriado). Os criminosos estouraram o cadeado com a corrente que estava na hélice e também furtaram mais de 3 mil litros de querosene do posto de abastecimento.

Já o avião foi encontrado por policias com apoio do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Sorriso no dia 24 passado, em mata entre os municípios de Terra Nova do Norte e Nova Guarita (156 e 200 quilômetros de Sinop, respectivamente). A aeronave caiu, ficou muito danificada. Não houve vítima fatal na queda e os ocupantes da aeronave fugiram.

Em instantes, mais detalhes

Só Notícias/Cleber Romero

Comentários Facebook
publicidade

Matupá

Irmãos morrem carbonizados em incêndio em residência em Matupá

Publicado

Uma dupla de irmãos, identificados como Valdecir de Paula e Jacir de Paula, morreu carbonizada após supostamente dormir com velas acesas, na manhã deste sábado (17), na Vila São José União, zona rural de Matupá. As vítimas também teriam ingerido bebidas alcóolicas durante o período da tarde.

Segundo informações da Polícia Judiciária Civil (PJC) de Matupá, uma equipe foi acionada por volta das 8h50 do sábado. Conforme demonstram as imagens, a casa ficou totalmente destruída pelo incêndio.

A suspeita inicial é que os dois teriam dormido com velas acesas. Na casa, não há energia elétrica e uma das vítimas utilizava uma lamparina para iluminar. Durante à tarde, ela teria procurado um vizinho perguntando se tinha velas porque estava com o seu irmão em casa. A dupla ainda teria ingerido bebidas alcoólica.

As equipes da PJC foram recebidas pelos familiares que relataram que, por volta das 3h, foram chamados após serem informados que a casa estava pegando fogo e os parentes ainda estavam no interior. Um morador contou que ouviu os estalos de fogo. O incêndio era tão grande que não foi possível se aproximar da residência.

Devido ao estado dos corpos, os filhos das vítimas forneceram material para a realização de teste de DNA para a confirmação das respectivas identidades. O caso está sendo investigado pela PJC.

Fonte: Olhar Direto

Comentários Facebook
Continue lendo

Matupá

Oito presos com ecstasy, maconha e cocaína em festa clandestina com mais de 100 pessoas em Matupá

Publicado

Após denuncia anônima de que estava ocorrendo uma festa clandestina em uma região de chácara em Matupá, a Policia Militar foi até o local denunciado ao chegar na referida chácara várias pessoas já se embrenharam em meio ao matagal, não sendo possível sua captura.

Foi denunciado que no local onde estava acontecendo a comemoração de um aniversário havia várias drogas sendo usadas pelos participantes, cocaína, maconha, êxtase além é claro do consumo de bebidas alcóolica, foi denunciado também que havia comercialização das drogas no local.

Com a chegada da guarnição policial ao local foi constatado que havia cerca de 130 pessoas entre homens, mulheres, adolescentes e menores, o organizador da festa relatou no boletim de ocorrência que não possuía qualquer tipo de documentação necessária para o funcionamento da festa.

Com a confirmação e localização de entorpecente no local 08 homens foram conduzidos para a Delegacia de Policia Civil, juntamente com todo o material apreendido drogas e som, os responsáveis deverão responder por crime de tráfico ilícito de droga, infringir determinação Poder Público destinada a impedir, introduzir ou propagação de doença contagiosa.

Fonte: Resumo Diário

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana