Política MT

Comissão atua para coibir abuso, exploração e violência sexual contra crianças e adolescentes

Publicado

Foto: Helder Faria

O combate ao abuso, exploração e violência sexual contra crianças e adolescentes foi a principal bandeira levantada pela Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso da Assembleia Legislativa de Mato Grosso no primeiro semestre de 2019.

O assunto foi amplamente debatido durante reunião ordinária que contou com a presença de instituições como Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Secretarias Estaduais de Educação, de Saúde e de Assistência Social e OAB, entre outras. Na ocasião, os deputados que compõem a comissão se comprometeram a trabalhar para criação de um sistema estadual de proteção à criança e ao adolescente.

Como forma de prevenir e combater os crimes de abuso, exploração e violência sexual contra crianças e adolescentes, o presidente da comissão, deputado estadual João Batista (PROS) propôs a implantação da campanha “Doe Sua Voz e Denuncie”, a ser desenvolvida nas escolas públicas estaduais por meio de palestras e outras ações.

A sugestão foi encaminhada pelo deputado por meio de indicação ao governador Mauro Mendes, ao secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e à secretária de estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk. Indicação com o mesmo tema também foi encaminhada à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para produção de vídeo da campanha, a ser veiculado periodicamente na TV Assembleia e demais emissoras de televisão do estado.

“Balanço da Secretaria de Estado de Segurança Pública mostra que apenas no primeiro quadrimestre do ano de 2018, 589 menores foram vítimas de crimes sexuais. Os estupros correspondem a 68% do total das ocorrências, somando 402, das quais 336 são registros de estupros de vulnerável e 66 estupros. Estes dados levam em conta registros oficiais, no entanto especialistas nesta área afirmam que apenas 10% dos casos chegam ao conhecimento do poder público”, diz trecho da justificativa apresentada pelo parlamentar.

Segundo João Batista, no próximo semestre a comissão dará continuidade à campanha. “Essa será uma das principais ações que pretendemos trabalhar nos próximos meses, com a finalidade de conscientizar, prevenir e combater esses tipos de crimes no estado”, frisou.

Projetos – Além de promover debates sobre temas relevantes, a Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso também apreciou 146 projetos de resolução, 31 projetos de lei e um veto relacionados aos temas sob sua responsabilidade.

Entre os projetos, estão o PL 171/2019, de autoria do deputado Wilson Santos (PSDB), que dispõe sobre políticas de ações afirmativas destinadas a candidatos autodeclarados negros e indígenas em vagas de trabalho ofertadas em empresas privadas que recebam incentivos fiscais do Estado de Mato Grosso, e o PL 250/2019, do deputado Sebastião Rezende (PSC), que institui a Política Estadual de Incentivo à Prática de Esportes para Idoso no Estado de Mato Grosso.

Apresentados pela deputada Janaina Riva (MDB), o PL 192/2019 estabelece diretrizes para a Política Estadual de Promoção da Cidadania Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) de Mato Grosso, enquanto o PL 196/2019 institui a política estadual para a população em situação de rua no estado.

Também integram a Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso o deputado Elizeu Nascimento (DC), na condição de vice-presidente, e, como membros, os deputados Carlos Avallone (PSDB), Delegado Claudinei (PSL) e Sebastião Rezende (PSC)

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Nelson Barbudo é condecorado com medalha do Exército Brasileiro

Publicado

Parlamentar também foi reconhecido como colaborador emérito do Exército

O deputado federal Nelson Barbudo (PL-MT) foi condecorado com a medalha Exército Brasileiro na noite desta segunda-feira (27.06), em Cuiabá. A medalha é destinada aos cidadãos brasileiros e/ou estrangeiros que tenham praticado ação destacada ou serviço relevante em prol do interesse e do bom nome do Exército Brasileiro.

O parlamentar por Mato Grosso também foi reconhecido como colaborador emérito do Exército, recebendo diploma. Criado pela portaria n° 503, o diploma de colaborador emérito especifica que quem o recebe são aquelas personalidades que possuem elevado conceito na classe e na comunidade a que pertençam e tenham praticado ação destacada ou serviço relevante em prol do Exército Brasileiro.

A solenidade ocorreu na 13ª Brigada de Infantaria Motoriza, durante a visita do General de Exército Anísio David de Oliveira Junior, Comandante do Comando Militar do Oeste (CMO). Também foi realizada na data a formatura militar sob o Comando do General de Brigada Carvalho Lima, Comandante da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada.

Estiveram presentes no ato os Comandantes dos Batalhões pertencentes à Brigada Barão de Melgaço, autoridades civis e militares das Forças Auxiliares de Mato Grosso.

Durante o evento, o deputado Nelson Barbudo, que tem atuação destacada em defesa do Exército Brasileiro para a garantia da democracia e da soberania do Brasil, afirmou estar lisonjeado tanto pela medalha quanto pelo diploma.

“Fico extremamente agradecido e envaidecido pela medalha e por ser, agora, oficialmente um colaborador emérito, já que rotineiramente me considerava um por incentivar os princípios e valores militares que norteiam o nosso Exército. Ter o reconhecimento da instituição de maior credibilidade dos brasileiros aumenta ainda mais minha responsabilidade em defesa da nossa Pátria e das Forças Armadas”, disse o parlamentar.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Nelson Barbudo é um dos 20 deputados mais influentes do país

Publicado

 

Parlamentar subiu 33 posições em ranking da FSB Influência.

O deputado Nelson Barbudo (PL – MT) se destaca em ranking nacional. Desta vez, o parlamentar por Mato Grosso está entre os 20 mais influentes nas redes sociais.

 

Os dados são da plataforma FSB Influência, dentro de pesquisa específica intitulada FSB Influência Congresso, que quantifica o engajamento que cada parlamentar possui nas principais mídias sociais do Brasil: Facebook, Instagram e Twitter.

Para calcular esta influência, cada parlamentar tem um índice dentro de cada uma das redes sociais, além do índice da FSB, que é calculado a partir destas métricas.

O índice FSB Influência Congresso é calculado levando-se em consideração o número de seguidores, o alcance, os posts, a eficiência, as interações e o engajamento registrados no Facebook, no Instagram e no Twitter durante o período de análise.

 

Vale lembrar que Nelson Barbudo ganhou notoriedade nas redes sociais antes mesmo da eleição de 2018, o que refletiu no pleito: ele foi o mais votado daquele ano.

 

Hoje, Barbudo conta com 108 mil seguidores no Instagram e quase 300 mil no Facebook.

 

Um outro destaque deste ranking da FSB Influência é o quanto o deputado por Mato Grosso cresceu no período analisado: Barbudo subiu 33 posições no ranking.

 

Para acessar o site e conferir a lista completa: https://fsbinfluencia.fsb.com.br/card/parlamentar/141/D81

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana