Tecnologia

Conheça apps gratuitos que ensinam libras, inglês e espanhol

Publicado

Olhar Digital

O mercado de trabalho brasileiro está cada vez mais competitivo, e a graduação não tem sido garantia de emprego. Segundo a pesquisa Pnad Contínua, do IBGE, são 1,4 milhão de brasileiros graduados sem trabalho em 2019. Habilidades extras, como o domínio em línguas além do português, podem contar como diferencial. 

Leia também: Apple oferece US$ 1 milhão para quem conseguir hackear iPhone

Levando em conta que o inglês e o espanhol são as duas principais línguas na comunicação internacional, e Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) – a segunda língua oficial no Brasil -, o Olhar Digital  preparou uma lista de aplicativos gratuitos que permitem ao usuário melhorar o conhecimento sobre determinada língua e enriquecer o currículo.

Inglês e Espanhol

Duolingo – aplicativo

Reprodução

O app ‘da coruja verde’, mascote do Duolingo que guia o usuário dentro do aplicação, é um dos mais conhecidos da categoria. Após fazer um teste de proficiência, o aplicativo lista lições de gramática, vocabulário, pronúncia e audição são apresentadas em uma dinâmica que lembra um jogo. O objetivo é que você crie um hábito diário – que varia de 5 a 25 minutos – de praticar o idioma. 

O aplicativo também possui o recurso de lembretes, o qual lembra o usuário de exercitar o idioma com as lições diárias — em um tom de cobrança. Disponível para Android ou iOS.

Babbel – aplicativo

Com proposta semelhante dos demais aplicativos que propõem a ensinar idiomas, o app traz exercícios de escrita, leitura e pronúncia. Contudo, nele a prática de audição é reforçada. Existe a opção de usá-lo sem som, mas o usuário deixa de usufruir da imersão que o Babbel oferece, já que muitos enunciados são falados.

Reprodução

Dicas de gramática e vocabulário também são dadas no decorrer dos exercícios. Disponível na App Store e na Play Store.

Leia também: Hackers conseguem alterar mensagens no WhatsApp, diz empresa de segurança

busuu – aplicativo

Utilizado para aprender outros idiomas além do inglês e espanhol, o busuu dá a opção ao usuário de fazer um teste do seu nível na língua ou de iniciar do básico. Cada lição tem atividades divididas em vocabulário e conversação. Exercícios de gramática, questionários e conversas com nativos são  adicionais da versão paga do app. Apesar de algumas lições não serem liberadas para não assinantes, ainda é uma boa opção para enriquecer o vocabulário de quem está aprendendo um novo idioma.

Reprodução

O app é gratuito e está disponível para download no Google Play e na App Store.

Inglês

Hello English – aplicativo

Não diferente dos demais citados acima, o Hello English oferece ao usuário a opção de teste de nivelamento ou escolher entre “Iniciante”, “Intermediário” e “Avançado”. São oferecidos exercícios focados, sobretudo, na escrita e compreensão textual. Conforme o usuário vai completando suas atividades, o app libera novos conteúdos. 

Disponível gratuitamente para Android e iOS.

Aprenda Inglês Sozinho – canal no YouTube

São apresentados diversos tipos de conteúdo e o objetivo é fazer com que você aprenda o idioma por conta. Diferente de outros modelos, o foco do Aprenda Inglês Sozinho não está em ensinar gramática, sintaxe ou sugerir exercícios específicos. Na verdade, o canal traz técnicas, ferramentas e sugestões de obras (livros, filmes, músicas) para que o usuário pratique por conta própria.

Outro canal com abordagem parecida é o Inglês na Ponta da Língua. Ele, por sua vez, tem algum conteúdo gramatical dedicado.

Cambridge Dictionary 

O dicionário mais renomado da língua inglesa traz o significado dos termos em inglês, inglês-português e inglês-espanhol, além de aplicação em frases. O Cambridge Dictionary pode ser acessado pelo navegador. Seu app é gratuito e está disponível para Android e iOS.  

Espanhol

DLE – Diccionario de la lengua española

Tido como por muitos professores como o mais confiável dicionário de espanhol, o DLE pode ser consultado pelo navegador ou por meio do app, que é gratuito para iPhone e telefones Android, porém a aplicação consome dados. A versão off-line custa R$ 34,90. 

Ainda que seja um dicionário espanhol-espanhol (não encontramos as definições das palavras em português), o DLE traz a conjugação completa dos verbos.

Vamos Hablar Español – Canal no YouTube

A professora de espanhol Juliana Maester dá aulas sobre gramática, vocabulário e pronúncia, além de indicar ferramentas e métodos de estudo mais eficazes para aprender o idioma em seu canal Vamos Hablar Español.

Bora Falar Espanhol – Canal no YouTube

Além de dividir um pouco do seu dia a dia no Brasil, o mexicano Abraham García disponibiliza aulas de espanhol com dicas de pronúncia, gramática e vocabulário — de maneira mais descontraída no Bora Falar Espanhol. Sua conta no Instagram possui a mesma abordagem — ele usa recursos da rede social, como os Stories, para fazer enquetes do idioma e mantém aulas nos destaques.

Libras

Diferente das línguas orais, a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), pede, além da sua gesticulação correta, a compreensão da gesticulação de outros. Por isso, segundo especialistas, é impossível aprendê-la sozinho. As ferramentas, que eventualmente possamos ter, possibilitarão a realização da primeira tarefa, o que não acontecerá com a segunda. A troca de sinais com alguém que domine essa linguagem será necessária.

Contudo, é possível adquirir boas noções por conta própria, utilizando serviços disponíveis gratuitamente na internet. Porém, a habilidade pode demonstrar um diferencial no currículo, já que, como dito anteriormente, Libras é a segunda língua oficial do Brasil.  

Hand Talk – aplicativo

O Hand Talk é um aplicativo que auxilia o usuário a traduzir texto ou fala para a linguagem de sinais. O avatar Hugo, do app, ensina como fazer os sinais com as mãos. 

Reprodução

Além da possibilidade de escolha entre três velocidades para os gestos do Hugo, o Hand Talk grava as traduções que já foram realizadas para o usuário. Para acessá-las, basta clicar no menu, no canto superior esquerdo, e escolher a opção “Histórico”. 

Leia também: FBI intensifica investigações contra Facebook e Twitter nos Estados Unidos

Há também um dicionário, que pode ser baixado e usado off-line, com termos categorizados em “Português”, “Matemática”, “História”, “Geografia’, “Ciências”, “Letras e Números”. Para aulas mais contextualizadas, como saudações em Libras ou frases mais cotidianas, existe a seção #HugoEnsina, que consiste em aulas ministradas pelo mascote do aplicativo. 

Reprodução

Disponível em versão gratuita e paga (sem anúncios). 

Ilana Costa – Canal no YouTube 

No canal de Ilana Costa é possível encontrar conteúdo, como alfabeto, números, frases e regras da linguagem de sinais, tudo em uma playlist chamada “Curso Básico – Libras para ouvintes”, que possui  22 vídeos de curta à média duração (10 minutos). 

E-Disciplinas USP

O e-disciplinas, da Universidade de São Paulo, é outra opção para se aprender Libras gratuitamente. Com videoaulas mais longas, é possível acessar o conteúdo diretamente do YouTube. Além delas, são disponibilizados materiais de apoio como textos, exercícios e resumos. O curso, contudo, não oferece certificado.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

TikTok lança seu primeiro celular; confira as especificações

Publicado

Olhar Digital

celular tiktok arrow-options
Divulgação

TikTok entra de vez para o mercado de smartphones


O TikTok , da ByteDance, é um aplicativo que permite gravar e publicar vídeo curtos, de até 60 segundos. Ele virou febre pois permite dublar músicas conhecidas e fazer coreografias de dança. Após ter anunciado que entraria para a indústria dos smartphones , a empresa lançou seu primeiro celular

Apesar de não ter nenhuma versão anterior, o aparelhor se chama  Smartisan Jianguo Pro 3 , e conta com boas especificações. Ele possui o chipset mais poderoso da Qualcomm , o Snapdragon 855 Plus, juntamente com 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno. O smartphone também estará disponível na versão de 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, que custará um pouco menos que a versão original.

Leia também: Conheça o TikTok, aplicativo que bateu o WhatsApp em número de downloads

Com uma tela de FHD+ AMOLED de 6,39 polegadas com resolução de 1080 X 2340 pixels, o Smartisan Jianguo Pro 3 possui uma configuração de câmera quádrupla na traseria e um sensor de imagem na parde da frente, para selfies. Na parte traseira, ele também conta com um sensor Sony IMX586 de 48 MP primário, lente grande angular secundária de 13 MP, lente telefoto de 8 MP e lente macro de 5 MP. Os amantes das selfies ficarão felizes em saber que o aparelho da TikTok possui uma câmera frontal de 20 MP. 

É de se imaginar que a duração do celular seja ótima, já que é alimentada por uma bateria de 4000 mAh, com suporte para carregamento rápido de 18 W. O modelo tradicional do aparelho, com 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, vai custar U$ 410, aproximadamente R$ 1,600.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Facebook cria nova logo para unificar os produtos da empresa

Publicado

facebook arrow-options
Divulgação/Facebook

Nova logo do Facebook abandona a cor azul e tem letras maiúsculas

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (04), uma nova logo para a marca . A nova identidade visual da empresa traz letras maiúsculas e não tem uma cor fixa, abandonando o azul utilizado pelo aplicativo do Facebook

Leia também: Facebook é condenado a pagar multa por escândalo da Cambridge Analytica

Segundo a empresa, o principal objetivo é justamente se distanciar um pouco da rede social em si. “O Facebook começou como um único aplicativo. Agora, 15 anos depois, oferecemos um conjunto de produtos. Este é o próximo passo em nosso esforço para esclarecer os produtos e serviços do Facebook. A nova marca da empresa foi projetada para nos ajudar a representar melhor a diversidade de produtos que construímos, estabelecer distinção do aplicativo do Facebook e comunicar nosso objetivo no mundo”, explicou o anúncio publicado pelo Facebook. 

facebook arrow-options
Divulgação/Facebook

O Facebook quer distanciar a identidade visual da companhia daquela estabelecida pelo aplicativo


Feito pelo Facebook

Agora, a nova logo do Facebook estará presente em todos os produtos da marca, o que inclui o aplicativo do Facebook, o WhatsApp e o Instagram , além de alguns hardware , como os óculos de realidade virtual da empresa. 

Segundo a empresa, o processo de desenvolvimento da nova identidade visual foi feito justamente pensando nisso, e designers de diversos times da empresa foram consultados para garantir que a nova logomarca pudesse ser utilizada em todos os produtos do Facebook. 

Leia também: Facebook cria seção de notícias e pagará para veículos divulgarem conteúdo

É por isso também que o novo desenho que representa a empresa não tem cor fixa, já que ele irá se adaptar de acordo com o produto . No WhatsApp, por exemplo, é esperado que ele assuma a cor verde, enquanto no Instagram a logo deve ser colorida. “Em vez de a empresa possuir uma única cor, projetamos a marca para responder ao seu contexto e ambiente. Esse sistema permite que o wordmark assuma a cor de nossas marcas individuais, criando um relacionamento mais claro entre a empresa e os produtos que construímos”, explica o Facebook. 

Além do novo desenho de letras, o Facebook assumiu também a sigla FB , que será utilizada em espaços menores. Segundo a empresa, “o FB já está associado ao Facebook, é o símbolo de cotações da empresa e é usado em domínios e endereços de email de funcionários”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana