Política MT

Estão abertas as inscrições para cursos de aperfeiçoamento pela Escola do Legislativo

Publicado

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Para quem tem nos planos de um novo aperfeiçoamento técnico, a Escola do Legislativo está com inscrições abertas para cursos de capacitação e de pós-graduação. A inscrição está sendo feita pelo site da ALMT (Clique aqui) e as aulas estão previstas para começar em fevereiro. “Neste ano, a escola simplificou o aceso às informações sobre os cursos. Tanto que as matrículas são realizadas mediante cadastro no site”, informou um dos responsaveis pela organização, Laerte Viera de Souza.

As vagas são para as qualificações em Língua Portuguesa- que abrange Redação Oficial,  Atualização Ortográfica e Regras Gramaticais; idiomas Inglês e Espanhol; de Coaching em Técnicas de Aprendizados, e Educação para Jovens e Adultos (EJA), para conclusão dos ensinos fundamental e médio. A pós-graduação em Formação Política também tem vagas disponíveis.

“Além disso, têm as turmas que já fazem parte da grade de ensino da Escola [do Legislativo]. Em 2020, vamos ofertar ainda, oficinas de Terapia Reiki” anunciou Laerte.

Mais informações estão disponíveis aqui ou pelo telefone 3313-6930.

Confira a programação:

Coach em Técnicas de Aprendizados- Turmas terças e quintas-feira, das 18h às 21h, e segundas e quartas-feiras, das 8h às 11h. Professor Eduardo Ramos;

Oratória – às terças e quintas-feiras, das 18h às 21h, professor Eduardo Ramos;

Atualização Ortográfica – às terças e quintas-feiras, das 14h às 15h30 – Inicia em 04/Fev.  Professora: Talita Cristina Bandeira de Figueiredo

Regras Gramaticais – às segundas e quartas-feiras, das 14h às 15h30.  Professor(a): Talita Cristina Bandeira de Figueiredo;

Redação oficial – às terças e quintas-feiras, às 15h45  e às 17h15 – Inicia em 24/Mar. Professor(a): Talita Cristina Bandeira de Figueiredo;

EJA – Ensino Médio – Modalidade a distância. Abrange ensino do 1º ao 3ª ano – Carga horária: 1200 horas;

EJA – Ensino Fundamental -Modalidade a distância. Abrange ensino do 6º ano 9º ano. Carga horária: 1600 horas;

Oficinas de Terapia Reiki – Aulas semanais, às sextas-feiras. Carga horária: 10 horas;

Já as especializações acontecem em parceria com Instituto Cuiabano de Educação (ICE), que é a certificadora. O programa tem duração de um ano, mais seis meses para a produção de monografia. As aulas acontecem uma vez por mês, aos sábados das 8h às 18h, com intervalo para almoço, e aos domingos das 8h às 13h.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Em meio à pandemia, deputado Dilmar Dal Bosco quer criar ”Dia do Sorvete”

Publicado

Em meio à pandemia do coronavírus, que já matou mais de 300 pessoas em Mato Grosso, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) apresentou no dia 09/06/2020 passado o projeto de lei para criar o Dia Estadual do Sorvete, que seria celebrado no dia 23 de setembro.

O parlamentar explica, no projeto, que no Brasil, em 2002, a Associação Brasileira das Indústrias de Sorvete (ABIS)  instituiu o “Dia Nacional do Sorvete”. “A data é comemorada todo dia 23 de setembro e foi criada com o objetivo de celebrar o início das
temperaturas mais altas do ano, já que o consumo da aumenta muito em todo o país”, argumenta.

Só um detalhe: a data foi criada por uma entidade de classe, claro, para fomentar a venda. E a discussão deste projeto em meio à pandemia, além da discussão que hora ocupa o tempo do deputados como a reforma da Previdência, não se justifica apresentar tal projeto, neste momento.

Com informação O Bom da Noticia

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

PL prevê economia no transporte de longa distância de presos

Publicado

Foto: Marcos Lopes

O Projeto de Lei n° 77/2020, apresentado pelo deputado Dr. Eugênio (PSB) em sessão plenária na última semana, prevê economia no transporte de longa distância de presos. Conforme a proposição, ficará instituído que o transporte, quando tiver distância igual ou superior a 500 quilômetros da instituição de origem, até a instituição de destino final dentro do estado, ficará a cargo do Centro Integrado de Operações Aéreas do Estado de Mato Grosso (Ciopaer), com o uso de aeronaves apreendidas.

“Esta situação é desgastante para os profissionais de segurança pública, que, em geral, envolve riscos e tensões que afetam a sua saúde física e mental, comprometendo a qualidade de vida desses profissionais, aliada às más condições e sobrecarga de trabalho. A saúde desses profissionais se deteriora a cada dia. A fim de buscar meios para otimizar os recursos financeiros e recursos humanos, este projeto tem sua justificativa na melhor utilização do grupo (Ciopaer), bem como a utilização racional do baixo efetivo dos agentes da segurança pública", diz trecho da justificativa.

O projeto é uma reivindicação dos diretores do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil do Estado de Mato Grosso (Sinpol), presidente Edleusa Mesquita, do vice, Gláucio de Abreu Castañon, e do diretor da subsede de Água Boa, Aurélio Mendanha da Silva.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana