Política MT

Estão abertas as inscrições para cursos de aperfeiçoamento pela Escola do Legislativo

Publicado

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Para quem tem nos planos de um novo aperfeiçoamento técnico, a Escola do Legislativo está com inscrições abertas para cursos de capacitação e de pós-graduação. A inscrição está sendo feita pelo site da ALMT (Clique aqui) e as aulas estão previstas para começar em fevereiro. “Neste ano, a escola simplificou o aceso às informações sobre os cursos. Tanto que as matrículas são realizadas mediante cadastro no site”, informou um dos responsaveis pela organização, Laerte Viera de Souza.

As vagas são para as qualificações em Língua Portuguesa- que abrange Redação Oficial,  Atualização Ortográfica e Regras Gramaticais; idiomas Inglês e Espanhol; de Coaching em Técnicas de Aprendizados, e Educação para Jovens e Adultos (EJA), para conclusão dos ensinos fundamental e médio. A pós-graduação em Formação Política também tem vagas disponíveis.

“Além disso, têm as turmas que já fazem parte da grade de ensino da Escola [do Legislativo]. Em 2020, vamos ofertar ainda, oficinas de Terapia Reiki” anunciou Laerte.

Mais informações estão disponíveis aqui ou pelo telefone 3313-6930.

Confira a programação:

Leia mais:  Deputado destinará R$ 4,5 milhões para saúde, educação e infraestrutura

Coach em Técnicas de Aprendizados- Turmas terças e quintas-feira, das 18h às 21h, e segundas e quartas-feiras, das 8h às 11h. Professor Eduardo Ramos;

Oratória – às terças e quintas-feiras, das 18h às 21h, professor Eduardo Ramos;

Atualização Ortográfica – às terças e quintas-feiras, das 14h às 15h30 – Inicia em 04/Fev.  Professora: Talita Cristina Bandeira de Figueiredo

Regras Gramaticais – às segundas e quartas-feiras, das 14h às 15h30.  Professor(a): Talita Cristina Bandeira de Figueiredo;

Redação oficial – às terças e quintas-feiras, às 15h45  e às 17h15 – Inicia em 24/Mar. Professor(a): Talita Cristina Bandeira de Figueiredo;

EJA – Ensino Médio – Modalidade a distância. Abrange ensino do 1º ao 3ª ano – Carga horária: 1200 horas;

EJA – Ensino Fundamental -Modalidade a distância. Abrange ensino do 6º ano 9º ano. Carga horária: 1600 horas;

Oficinas de Terapia Reiki – Aulas semanais, às sextas-feiras. Carga horária: 10 horas;

Já as especializações acontecem em parceria com Instituto Cuiabano de Educação (ICE), que é a certificadora. O programa tem duração de um ano, mais seis meses para a produção de monografia. As aulas acontecem uma vez por mês, aos sábados das 8h às 18h, com intervalo para almoço, e aos domingos das 8h às 13h.

Leia mais:  Pauta da CCJR desta terça-feira tem 25 projetos de lei para análise
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Sede da Associação das Mulheres de Mato Grosso é reinaugurada

Publicado

Deputado Claudinei participa do evento de reinauguração da Associação das Mulheres

Foto: Sandra Costa

Completando sete anos de fundação em 2020, a Associação de Mulheres de Rondonópolis e Região Sul de Mato Grosso (AMRRSMT), atual Associação em Defesa e Garantia dos Direitos das Mulheres do Estado de Mato Grosso, teve sua sede reinaugurada na noite de quinta-feira (6). O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) participou do evento e ressaltou a importância da instituição que trabalha no combate à violência contra a mulher e no último dia 10 de janeiro se tornou de Utilidade Pública Estadual, por meio da Lei nº 11.080 de sua autoria.

“Essa declaração [de Utilidade Pública Estadual] é importantíssima porque agora eu, como deputado, e outros deputados estaduais podemos destinar emendas parlamentares para ajudar e manter a estrutura da Associação, que faz um trabalho de referência no atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica não só de Rondonópolis, mas de outros municípios e do estado de Mato Grosso em geral”, reconheceu o deputado Claudinei que, caso não consiga destinar emendas para este ano, se comprometeu a encaminhar em 2021.  

Leia mais:  Indicação solicita alocação de 30 famílias de pequenos produtores de Tangará da Serra em terras da Empaer

Além de apoio e acompanhamento às vítimas de violência doméstica, a associação oferece cursos de qualificação e palestras preventivas. Outro grande desafio e pedido da instituição é a disponibilização de uma Casa de Apoio, já que o município não conta com nenhum abrigo neste sentido.   Evento foi realizado na noite desta quinta-feira (6)

Foto: Sandra Costa

“Já fizemos indicações pedindo com urgência a disponibilização dessa de casa de apoio, tendo em vista o grande número de violência contra a mulher em Rondonópolis e até de feminicídio”, completa o parlamentar que parabenizou o trabalho da presidente da Associação Sandra Raquel, que já foi membro do Conselho da Mulher em Rondonópolis.

Somente em 2019, a Associação realizou mais de mil atendimentos. Durante a reinauguração da sede, a presidente Sandra Raquel parabenizou todos os parceiros que contribuíram para a reinauguração da sede.

“Precisávamos dessa reforma, já que hoje é um espaço em que também temos que receber as mulheres vítimas de violência por ainda não termos uma casa de abrigo própria para este fim. Agradeceu o empenho do deputado Delegado Claudinei pela lei que declarou a Associação de Utilidade Pública Estadual. Agora, vamos poder firmar parcerias públicas e privadas”, concluiu Sandra Raquel.

Leia mais:  Comissão de Segurança aprova projetos para o combate à violência contra a mulher
Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Motorista imprudente terá que ressarcir o SUS no tratamento de terceiros envolvidos em acidente

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

O motorista que cometer acidente estando sob efeito de álcool ou qualquer outra substância psicoativa vai ter que arcar com as despesas na rede pública de saúde, do tratamento das vítimas. O projeto nº 81/2020 apresentado no último dia 5, na Assembleia Legislativa, de autoria do deputado Romoaldo Júnior (MDB), visa diminuir o número de acidentes de trânsito, punir e conscientizar motoristas irresponsáveis, além de atenuar despesas para o Estado.

“O motorista que causar acidente sob efeito de bebidas alcoólicas ou substâncias entorpecentes, será obrigado a ressarcir o Sistema Único de Saúde (SUS) pelos gastos com o próprio tratamento hospitalar e de terceiros envolvidos”, explica o parlamentar ao ressaltar que dirigir é uma enorme responsabilidade, mas infelizmente alguns motoristas insistem em desobedecer às regras.

O deputado argumenta que a violência no trânsito algumas vezes é vista como uma fatalidade, porém não é. O Brasil, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é quarto país mais violento no trânsito, entre os países americanos – fica atrás apenas de Belize, República Dominicana e Venezuela.

Leia mais:  Teatro Zulmira recebe show ‘Força Mulher’ nesta sexta (02) com entrada franca

Preocupado com esta questão que causa sofrimento e luto para tantas famílias, Romoaldo ainda alerta os motoristas sobre perigo das estradas no Carnaval – que acontece nos próximos dias. “Os motoristas devem redobrar atenção durante os dias de Carnaval, já que as mortes no trânsito aumentam em quase 50% no período”, alerta.

MORTES NO TRÂNSITO EM MATO GROSSO

Em média, uma pessoa morre por dia no trânsito de Mato Grosso. Dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) confirmam que, em 2019, 355 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito no estado. O número de lesão corporal culposa no trânsito alcança 4.532 registros. Em Cuiabá, neste ano, 49 pessoas perderam a vida em acidentes, já em Várzea Grande o número chega a 31. Para os familiares de vítimas no trânsito, leis mais duras e celeridade nos julgamentos são avanços necessários para o fim da impunidade e, consequentemente, para a redução dos casos.

 

 

 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana