Peixoto de Azevedo

Homem é morto ao sair de bar em Peixoto de Azevedo; mulher é procurada

Publicado

Anderson da Silva Conceição foi morto, ontem à noite, após sair de um bar acompanhado de uma mulher, em Peixoto de Azevedo. Ele foi atingido por uma facada no tórax e chegou a ser socorrido.

Testemunhas relataram que o homem estava bebendo, em companhia de mulher, em um estabelecimento comercial. Os dois saíram do local e, instantes depois, Anderson voltou, já ferido e pedindo socorro.

A vítima acabou caindo e pessoas que estavam nas proximidades ainda tentaram ajudá-la. O homem foi levado em um carro para o hospital. Porém, não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois.

A mulher não foi localizada e o envolvimento dela no homicídio não está descartado. A Polícia Civil passa a investigar o caso.

Só Notícias/Gazeta Digital

Comentários Facebook
publicidade

Peixoto de Azevedo

Sargento da PM é preso no Peixoto de Azevedo acusado de assédio sexual e moral

Publicado

A Polícia Militar confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que um sargento foi preso por policiais da mesma corporação, na unidade de Peixoto de Azevedo, acusado de assédio sexual e moral.

Ainda de acordo com informações da assessoria da corregedoria, o policial está preso em Alta Floresta, à disposição da justiça. A instituição informou ainda que acompanha procedimento instaurado para apurar a conduta do militar.

A assessoria da PM não aponta detalhes quando ocorreu o crime e se foi praticado contra alguma policial da mesma corporação.

Só Notícias/Cleber Romero

Comentários Facebook
Continue lendo

Peixoto de Azevedo

Vereador é preso com arma e munições em Peixoto de Azevedo

Publicado

O vereador de Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop), Paulo Cezar Dendena, de 48 anos, foi preso, ontem, com um revólver calibre 38 e seis munições. A ação ocorreu após denúncias, em uma chácara que pertence ao parlamentar. Ele pagou fiança de R$ 14 mil e foi liberado, hoje.

De acordo com o boletim de ocorrência, inicialmente a guarnição do Grupo de Apoio da Polícia Militar recebeu informações de que poderia estar acontecendo uma tentativa de roubo na propriedade. Durante o deslocamento, recebeu novas informações, apontando que, na verdade, estaria ocorrendo uma briga, e possível tentativa de homicídio.

Já em uma estrada próximo à chácara, a equipe encontrou o vereador, que explicou que havia tido desentendimento com um funcionário, e que ele estava em um veículo saindo do local, mas que não queria representá-lo porque “eram amigos”.

Os policiais seguiram até o funcionário citado, e realizaram a abordagem. Durante revista pessoal e veicular não encontraram material ilícito e ainda receberam informação de que o vereador tinha uma arma de fogo guardada.

Com isso, os militares foram novamente até o parlamentar, que confirmou ter um revólver calibre 38 em sua residência e autorizou a entrada dos policiais no imóvel, que solicitaram o registro do armamento. Dendena, por sua vez, apontou não ter os documentos necessários, dizendo ter comprado a arma de ‘terceiros’.

Diante disso, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil para as providências legais, onde pagou fiança e foi liberado.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana