GUARANTÃ DO NORTE

Hospital diz que documentos de caminhoneiro ‘sumiram’ e família não consegue levar corpo para SP

Publicado

A família do caminhoneiro Edvaldo Ferreira da Silva, de 48 anos, morto por covid-19, contou ao reporter MT que vem enfrentando uma luta para levar o corpo dele para cidade natal, Andradina (SP). Isso ocorre porque, segundo os familiares, a carteira de Edvaldo, que continha dinheiro, cartões e documentos, assim com a chave do seu caminhão e o celular “desapareceram” de forma misteriosa.

O caminhoneiro foi a óbito no dia 14 de maio, mas sua esposa só foi informada no dia 15 de maio.

A filha de Edvaldo, Jéssica Graciele Santos Oliveira, de 29 anos, explica que o pai voltava do Pará quando começou a passar mal. No início ele pensou que era uma gripe e parou no caminho para comprar remédios em uma farmácia.

Horas depois, ele começou a piorar e parou na cidade de Guarantã do Norte, local onde foi internado e diagnosticado com coronavírus. Em seguida, ele foi transferido para Peixoto de Azevedo, mas com uma piora no seu estado de saúde foi encaminhado para a Capital. Edvaldo foi entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual Santa Casa.

“Antes de ser entubado ele ligava todos os dias, falava todos os dias com a minha mãe. Ele informou que tinha uma quantia em dinheiro, as chaves e os documentos, mas para gente o dinheiro não importa, queremos o documento para levar o corpo para Andradina”, disse Jéssica.

As unidades de saúde dão versões diferentes sobre os pertences pessoais da vítima, uma fala que o transferiu com os documentos (Peixoto) e outra fala que ele chegou sem os documentos (Santa Casa), e ninguém sabe dizer o paradeiro.

“Fica naquela, um hospital diz que ele chegou sem, o outro diz que ele foi transferido com os documentos”, afirma a filha.

A esposa de Edvaldo está na Capital e não consegue fazer os trâmites legais quanto às questões pessoais da família.

Outro Lado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES), por meio de nota, informou que a denúncia não procede.

“Conforme registrado em prontuário hospitalar, o referido paciente deu entrada à unidade [Santa Casa] no dia 11 de maio, sem qualquer pertence – visto que essa é a conduta para os casos de transferência entre hospitais, situação em que os dados de documentos básicos são informatizados via Sistema de Regulação”, disse. No entanto, sobre a passagem por outras unidades de saúde e, quanto à data que a família foi informada da morte não houve esclarecimento.

 

Fonte: Repórter MT

Comentários Facebook
publicidade

GUARANTÃ DO NORTE

Sobe para 18 o número de casos de COVID-19 em Guarantã do Norte.

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde de Guarantã do Norte acaba de lançar na noite desta segunda-feira(01), uma nota afirmando que passou de 14 para 18 casos confirmados de coronavírus no município.
Deste 18 casos confirmados, 13 estão em isolamento domiciliar, um internado, um está em um leito de uma UTI e 3 pessoas estão recuperadas.
Guarantã do Norte ainda tem nove pessoas com suspeitas de estar com vírus.

Comentários Facebook
Continue lendo

GUARANTÃ DO NORTE

Ciclista morre após ser atingida por moto na Av. Jonas Pinheiro em Guarantã do Norte.

Publicado

Por volta das 13 horas desta segunda-feira (01), um acidente envolvendo uma ciclista e o motociclista ocorreu na Avenida Senador Jonas Pinheiro, esquina com a rua flamboyantes. No acidente a ciclista Alciene Costa e Silva de 36 anos não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Segundo relatos do boletim de ocorrência, o condutor da Honda NXR 160 Bros seguia pela Avenida Senador Jonas Pinheiro, sentido bairro aeroporto, quando em determinado momento Alciene Costa, que estava de bicicleta e seguia no mesmo sentido, repentinamente cruzou a avenida. Segundo o condutor da moto, o mesmo não teve como evitar o acidente.

A vítima foi socorrida pelo corpo de bombeiros, mas infelizmente faleceu ao dar entrada no hospital Municipal de Guarantã do Norte.

O ato fúnebre de Alciene Costa será realizado pela Funerária Pax memorial, na capela mortuária de Guarantã do Norte. O sepultamento está previsto para esta terça-feira (02), no cemitério Municipal de Guarantã do Norte.

Por/ O Território

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana