Matupá

Matupá é a 3ª melhor cidade do país com até 20 mil moradores

Publicado

Matupá, município com 16,5 mil habitantes, foi eleito o terceiro melhor município com até 20 mil habitantes e produto interno bruto (PIB) per capita acima de R$ 15,6 mil pelo Conselho Federal de Administração (CFA). O ranking consta no Índice de Governança Municipal (IGM), realizado desde 2016.

O município obteve a maior média entre as prefeituras do estado, com 7,97, em uma escala de 0 a 10, ficando atrás apenas de Altinópolis (SP) e Chopinzinho (PR). O IGM avalia os municípios em 3 dimensões: finanças, gestão e desempenho.

Desde 2018 Matupá apresentou melhora na nota do IGM, quando teve média 7,31. Em 2019 a nota aumentou para 7,50, até atingir os 7,97 em 2020. O melhor quesito foi gestão, com média 8,84, e a menor em desempenho com 7,14.

O grupo de cidades com até 20 mil habitantes e PIB per capita acima de R$ 15,6 mil tem 1.898 municípios. Matupá, a terceira colocada nesse grupo, tem PIB per capita de R$ 38.399,56 e uma área territorial de 5.239,67 quilômetros quadrados.

Comentários Facebook
publicidade

Matupá

Justiça revoga prisão de acusado de matar homem em Matupá

Publicado

O juiz Evandro Juarez Rodrigues revogou a prisão preventiva do acusado de matar Francisco de Assis Ferreira Reis, no ano 2000, na zona rural de Matupá . A defesa alega que o suspeito é inocente, mas que possui o mesmo nome do verdadeiro autor do homicídio.

Segundo a defesa, apesar de os nomes serem os mesmos, as demais invidualizações não conferem. Isso porque o verdadeiro autor do crime seria um homem de 64 anos, natural da Bahia, enquanto que o acusado tem 60 anos e nasceu no Mato Grosso do Sul.

Em julho deste ano, a defesa já havia tentado a revogação no Tribunal de Justiça. O desembargador Juvenal Pereira da Silva, porém, negou o pedido liminar, afirmando que as alegações se confundiam com o “próprio mérito”, o que tornava “imprescindível” a colheita de mais informações sobre o caso.

O suspeito teve a prisão preventiva decretada após ser citado por edital e não se apresentar à Justiça, conforme consta no processo. Agora, no entanto, ao determinar a revogação da prisão preventiva, Juarez apontou que não ficou “demonstrada a efetiva necessidade da segregação cautelar, nem a real ameaça à ordem pública ou econômica, nem o risco para a regular instrução criminal ou o perigo de ver frustrada a aplicação da lei penal”.

Juarez determinou que o acusado compareça a todos os atos do processo, não se ausente da comarca por mais de dez dias sem autorização judicial e mantenha endereço atualizado. O suspeito foi denunciado por homicídio qualificado, cometido por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

Só Notícias/Herbert de Souza

Comentários Facebook
Continue lendo

Matupá

Matupá: suspeito envolvido em tráfico é detido com mais de R$ 4 mil em dinheiro, droga e munição

Publicado

Policiais do Grupo de Apoio (GAP) juntamente com a equipe da Força Tática do 15º Comando Regional de Peixoto de Azevedo, realizaram diligências após receberem informações que na cidade de Matupá estavam dois suspeitos que haviam chegado da cidade de Lucas do Rio Verde, onde teriam cometido diversos crimes como tráfico, roubo e homicídio e teriam se mudado para Matupá há pouco tempo, onde estariam comercializando entorpecentes, armas de fogo e planejando cometer assaltos.

Na residência de um dos suspeitos, localizada no bairro Jardim das Flores, houve a visualização de um dos denunciados, ele estava com uma mochila e também um revólver em mãos, mas ao ver a Polícia empreendeu fuga pulando diversos muros.

O segundo suspeito após reagir a abordagem com violência e ameaças acabou sendo detido. Em busca pessoal foi localizada com ele, uma trouxinha de substância análoga à maconha, uma munição calibre 38 e em buscas na casa do suspeito foram encontrados R$ 4.961,00 (quatro mil novecentos e sessenta e um reais), que estavam em uma cômoda no quarto, junto com outras duas munições calibre 38.

O suspeito informou que parte do valor encontrado seria da venda de um revólver calibre 38 na cidade de Sinop pelo valor de R$ 4.000,00 e que o restante seria da venda de entorpecentes.

O suspeito que foragiu estaria com os entorpecentes na mochila.

Material apreendido:

– R$ 4.961,00;

– 03 celulares;

– 01 relógio;

– 01 porção análoga a maconha;

– 03 munições de calibre 38;

 

Fonte: Redação Notícia Exata – Foto: Divulgação

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana