Política MT

Max Russi participa da entrega de primeiro SIM em São Pedro da Cipa e destaca ações para a agricultura familiar

Publicado

A ação faz parte uma somatória de forças entre a prefeitura, Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental da Região Sul (Cidesasul) e a articulação do parlamentar

Foto: JOSÉ MARQUES Na agroindústria, são produzidos doces, queijos, derivados do leite e diversos produtos artesanais

Foto: JOSÉ MARQUES

O produtor rural Elias Degaspery e sua família investiram em um pequeno laticínio em São Pedro da Cipa. Na agroindústria, são produzidos doces, queijos, derivados do leite e diversos produtos artesanais. Essa empresa familiar foi a primeira a receber o Selo de Inspeção Municipal (SIM) na cidade e o deputado Max Russi (PSB) também participou da entrega oficial nessa terça-feira (10).

Degaspery, que já comercializa sua produção em feiras do Vale do São Lourenço, está otimista com essa regularização. “Só assim a gente consegue colocar no mercado. E como todo mundo sabe, a gente depende muito da ajuda do poder público e felizmente agora nós tivemos. Com a ajuda de todos vocês aqui, do Max, eu tenho mais é que agradecer”, comemorou Elias.

A ação faz parte uma somatória de forças entre a prefeitura, Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental da Região Sul (Cidesasul) e a articulação do parlamentar. Conforme o prefeito Alexandre Russi (PR), um passo importante para o desenvolvimento do município, principalmente em termos econômicos.

“Isso nos deixa muito feliz, pois vai agregar geração de emprego, de renda. Seu Elias vai poder produzir mais, contratar mais funcionários e aumentar a sua renda. O consumidor também ganha com isso, em termos de qualidade, ainda mais sabendo que o produto está sendo inspecionado”, comemorou.

A próxima etapa, que também é uma das lutas do deputado Max, será a implantação do  Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf). Essa será a garantia da venda, do que é produzido, para todo o restante do Estado.

O deputado Max Russi reforçou sua disposição para trabalhar as pautas da agricultura familiar e garantiu estar acompanhando todas as tratativas, de projetos que favoreçam e auxiliem ao pequeno produtor.

“Muitos dos nossos produtos estão vindo de outro Estado para Mato Grosso. Muitas das escolas não conseguem comprar aquilo que a Lei exige que seja comprado da agricultura familiar. Aprovamos a Lei do Susaf, lá na Assembleia, para facilitar e isso desburocratizou esse processo. Agora é necessário que o poder público de maior apoio a tudo isso. Fiz questão de estar presente aqui, nesse dia histórico e reforçar todo o meu apoio à agricultura familiar de nosso Estado”, assegurou.

Além de vereadores e autoridades locais, também participaram do ato oficial o secretário Municipal de Agricultura, Cláudio Francisco e o secretário executivo do Cidesasul, Rosandro de Moura Andrade.

Políticas públicas para a agricultura familiar

Quando prefeito de Jaciara, Max Russi implantou o SIM no município, incentivando a comercialização e qualidade, do que era produzido pelo homem do campo. Já em seu primeiro mandato, como deputado estadual, procurou atuar para fortalecer e promover o desenvolvimento econômico social de Mato Grosso. Focado nesta determinação, conseguiu estabelecer importantes vitórias e contemplar setores e segmentos estratégicos em todo o Estado.

Uma de suas marcantes ações foi a aprovação da Lei de nº 10.638/2017, de sua autoria, que beneficia a produção agropecuária de pequeno. Ela garante que 30% das compras realizadas pela Administração Direta e Indireta, como governo e prefeituras, para aquisição de bens e serviços, serão provenientes da produtividade das famílias rurais.

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Tradição cultural do ‘Boi-à-Serra’ em Santo Antônio de Leverger receberá emenda parlamentar

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Com objetivo de incentivar e estimular a cultura no estado, o deputado estadual João Batista (Pros) firmou compromisso de destinar recursos, através de emenda parlamentar, para o grupo Boi Pantaneiro, grupo cultural de dança típica do Boi-à-Serra, de Santo Antônio de Leverger (35 km de Cuiabá).

Na avaliação de João Batista, a cultura em Mato Grosso precisa receber todo o apoio possível para o seu desenvolvimento. “Sou defensor de todas as tradições culturais, inclusive faço parte do Centro de Tradições Nordestinas no estado. A dança do Boi-à-Serra é uma tradição cultural muito importante e faz parte da história do município de Santo Antônio. Por isso, vamos ajudar no que for possível para incentivar e manter essa tradição folclórica da região. Vamos trabalhar para fomentar a nossa cultura”, ressaltou.

De acordo com o diretor do grupo Boi Pantaneiro, Elton Pinho, a dança do Boi-à-Serra acontece nos festejos do Carnaval mas, tradicionalmente, começa a sair pela ruas do município no dia 8 de dezembro, Dia da Nossa Senhora da Conceição.

“Para montar a estrutura tradicional do ‘Boi’, utilizamos madeiras, que formam a carcaça e o chitão, que é um lençol florido que dá o acabamento final da fantasia. Membros do grupo, os 'chamadores do boi', tocam bombo, surdo, caixa, tarol, chocalhos e instrumentos de sopro que acompanham toda a apresentação do Boi-à-Serra”, explicou Elton.

Selma Nunes, que também integra a diretoria do grupo, agradeceu o apoio e o recurso que deve ser destinado pelo deputado João Batista. Segundo ela, o grupo recebe pouco incentivo por parte da prefeitura.

“O Boi Pantaneiro surgiu em 4 de fevereiro de 2017, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Hoje, contamos com 65 integrantes que levam alegria à população santo-antoniense. Agradeço imensamente o apoio por parte do deputado João Batista, pois todo ano ficamos na incerteza sobre os recursos advindos da prefeitura, que não é suficiente para alavancarmos nossa cultura no município”, lamentou Selma.

Na noite desta sexta-feira (7), o Boi Pantaneiro realizou uma apresentação na cidade e, segundo informações de Selma, os membros do grupo se emocionaram ao saber que poderão contar com o apoio de João Batista. “Eles ficaram emocionados e agradeceram muito a atitude do deputado em nos ajudar. Nosso grupo se dedica à dança de todo o coração”, concluiu.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Votação de vetos é destaque da semana na ALMT

Publicado

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A votação de vetos é destaque nesta semana na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Ao todo, serão apreciados 35 vetos, que estão na pauta e têm prioridade frente a outros projetos. Na sequência, a movimentação se dará pelo início dos debates sobre a mensagem do Poder Executivo que traz as novas regras da Previdência estadual. A Mesa Diretora concentrará os esforços nas sessões ordinárias de quarta-feira (12).

Também estão previstas a primeira reunião de trabalho da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), da Câmara Setorial Temática (CST) da Mulher e da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, além de uma audiência pública para discutir a regulamentação do piso estadual dos agentes comunitários de saúde.

Confira a programação:

Segunda-feira (10)

A primeira reunião da Câmara Setorial Temática (CST) da Mulher ocorre nesta segunda-feira (10), às 9h, na sala 201. Ela tem o objetivo de levantar e ou propor legislação e políticas públicas que efetivem direitos para as mulheres no estado de Mato Grosso.

Terça-feira (11)

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação realiza a primeira reunião ordinária do ano. O encontro será às 15h, na sala 201.

Quinta-feira (13)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência retoma as atividades, às 14h, na sala 201. Na ocasião, os membros realizam uma oitiva com Elliton Oliveira de Souza, diretor-presidente do MT Prev.

Sexta-feira (14)

Para fechar a programação da semana, o Parlamento realiza uma audiência pública para discutir a regulamentação do piso estadual dos agentes comunitários de saúde. O evento será às 9 horas, no auditório Milton Figueiredo, na sede da ALMT, e é aberto para toda a sociedade e entidades representativas.

A programação pode sofrer alterações no decorrer da semana.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana