Tecnologia

Milhões de modems em todo o mundo podem ser hackeados; entenda

Publicado

source

Olhar Digital

Modems de todo o mundo estão vulneráveis a ataques de hackers arrow-options
Arquivo iG

Modems de todo o mundo estão vulneráveis a ataques de hackers


Um grupo de pesquisadores dinamarqueses, chamado Lyrebirds , descobriu que centenas de milhões de modems em todo o mundo podem estar vulneráveis a uma falha de software chamada “Cable Haunt”.

A falha está nos sistemas da empresa Broadcom , mais especificamente em um chip usado em muitos modems que protege contra picos de energia no sinal do cabo. O ataque a essa vulnerabilidade é bastante difícil de realizar. Como alternativa, invasores estão inserindo códigos de ataques em páginas da internet ou e-mails, que, quando acessados, fazem com que o dispositivo da vítima seja infectado.

Se o ataque for bem-sucedido, os cibercriminosos  podem assumir o controle do modem e enviar os usuários de redes comprometidas para sites maliciosos , realizar transações online ou alternar o firmware do modem, disseram os pesquisadores.

Leia também: Vale a pena monitorar o celular dos filhos? Entenda os apps de controle parental 

Infelizmente, ainda não há uma solução definitiva para a falha “Cable Haunt”. Quatro provedores de serviços da internet na Escandinávia realizaram correções provisórias aos modems dos clientes, mas as empresas do resto do mundo parecem ainda não ter percebido o problema em seus aparelhos. 

Precauções para evitar ser infectado

No momento, é possível usar um sistema de antivírus para filtrar sites e e-mails maliciosos para que os dispositivos não sejam infectados. Isso vale para qualquer tipo de computador, pois o código de ataque não se importa com a plataforma utilizada.

Usar o Mozilla Firefox também pode ajudar. De acordo com os pesquisadores, a versão do protocolo de comunicação entre servidor e cliente do código malicioso parece não ser compatível com o usado no Firefox, por esse motivo, usar o navegador da Mozilla pode ser uma solução temporária.

Leia também: Mais de 6 petabytes: conteúdo do Pirate Bay demoraria 19 anos para ser baixado

A equipe Lyrebirds acredita que quase 200 milhões de modems podem ser vulneráveis ao “Cable Hunt” apenas na Europa. A equipe ainda não mensurou esse número no mundo todo.

Até o momento, não há casos de dispositivos infectados no Brasil, mas como essa é uma ameaça de nível global, nenhum país pode estar totalmente protegido. Caso as empresas de telecomunicação do país encontrem alguma vulnerabilidade por aqui, uma atualização de firmware deve ser liberada remotamente para corrigir o problema.

Via: Tom’s Guide

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Uber lança recurso que permite usuários reclamarem gravando um áudio

Publicado

source

Olhar Digital

Uber  lançou, nesta segunda-feira (10), a ferramenta U-Áudio para que usuários e motoristas possam gravar áudios durante as corridas a fim de reportarem quaisquer acontecimentos infelizes e desagradáveis. Cidades como Salvador , Uberlândia , São Luís , Sorocaba e Campo Grande já possuem acesso ao novo recurso.

Uber é banida na Colômbia e deve encerrar atividades em fevereiro

Para utilizar a função, basta acessar os itens de segurança que ficam disponíveis durante cada viagem realizada na plataforma da Uber . Tanto o usuário quanto o motorista poderão relatar incidentes por meio de um áudio que deverá ser anexado no encerramento da corrida ou nas viagens que podem ser buscadas no histórico do aplicativo.

Segundo o aplicativo, o arquivo contendo a gravação será criptografado e armazenado diretamente no dispositivo do remetente, ficando disponível apenas para o usuário/motorista. A equipe da Uber só terá acesso se o remetente decidir compartilhar o áudio como parte do relato.

Uber arrow-options
Reprodução

Uber


Assim que o arquivo for enviado aos agentes de atendimento ao cliente da Uber , a gravação será utilizada para entendimento do incidente e, consequentemente, para que a empresa tome as medidas necessárias. 

Privacidade

O relato pode, inclusive, ser compartilhado com as autoridades se necessário. Contudo, segundo a Uber , “a proteção da privacidade dos envolvidos é levada muito a sério em todo o processo” e só a empresa tem a chave para descriptografar os anexos e isto somente pode ser feito após a denúncia, com o envio do áudio. A gravação não pode ser ouvida no dispositivo do usuário ou motorista, nem compartilhada com terceiros, apenas com a Uber.

De acordo com a Uber , o arquivo de áudio poderá ser relevante na decisão de desativação de um motorista ou usuário da plataforma.

Uber introduz gravação de áudio durante viagem

A ferramenta já havia sido divulgada durante o evento Uber Destino , realizado no ano passado, mas só agora se tornou disponível. Durante o período do piloto, a ferramenta está sendo configurada para apagar os arquivos de áudio automaticamente após uma semana. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Polêmica: Motorola rebate teste que reprovou dobradiça do Razr; assista ao vídeo

Publicado

source
Motorola Razr arrow-options
Reprodução

Motorola Razr foi reprovado em teste de dobradiça


Na última semana, o site Cnet realizou um teste que reprovou o celular dobrável Motorola Razr . Nele, um robô dobrou o smartphone repetidas vezes, o que ocasionou a quebra do dispositivo depois de 27 mil dobras, o equivalente a menos de um ano de uso. 

Nesta segunda-feira (10), porém, a Motorola contestou o teste, dizendo que o robô do Cnet dobra o celular de maneira indevida, o que ocasionou a quebra. A empresa afirmou, ainda, que o Razr passou por diversos testes antes de ser colocado no mercado, e que tem toda a confiança na durabilidade do smartphone

Leia também: Reprovado: Motorola Razr quebra depois de ser dobrado muitas vezes em teste

Para comprovar os testes feitos durante a produção do Razr , a Motorola divulgou um vídeo em sua página no Twitter . Assista:

O teste do Cnet já tinha sido feito anteriormente no Galaxy Fold . O smartphone da Samsung aguentou ser dobrado 120 mil vezes antes de quebrar completamente. Já a tela do Razr não chegou a quebrar durante os testes, mas a dobradiça endureceu e começou a fazer barulhos estranhos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana