CORONAVÍRUS

MT registra 21 mortes e mais de mil novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas

Publicado

A secretaria estadual de Saúde confirmou, há pouco, que Mato Grosso registrou 21 novas mortes e mais 1.050 novos casos de covid-19, nas últimas 24 horas. Agora, o Estado contabiliza 198.444 casos e 4.782 óbitos em decorrência da doença.

Entre os casos confirmados, 8.404 pacientes estão em isolamento domiciliar e 184.244 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 270 internações em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) públicas e 303 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 69,05% para UTIs adulto e em 35% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de covid-19 estão: Cuiabá (44.060), Várzea Grande (13.490), Rondonópolis (13.206), Sinop (10.605), Tangará da Serra (8.796), Sorriso (8.745), Lucas do Rio Verde (8.133), Primavera do Leste (6.137), Cáceres (4.611) e Nova Mutum (4.147).

A secretaria ainda informou que um total de 166.500 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 711 amostras em análise laboratorial.

Redação Só Notícias 

Comentários Facebook
publicidade

CORONAVÍRUS

Empresário de Guarantã do Norte é a 25ª vítima fatal do COVID-19.

Publicado

Adelson de Lima Krominski, mais conhecido em Guarantã do Norte como ”GUGU” de 34 anos faleceu na manhã desta sexta-feira (21) vítima da COVID-19. Gugu estava internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI) na cidade de Cuiabá.

Segundo a família, inicialmente o translado chegará em Peixoto de Azevedo às 6h da manhã de sábado para encontro a cortejo fúnebre até Guarantã.

Comentários Facebook
Continue lendo

CORONAVÍRUS

Guarantã do Norte receberá nas próximas horas, 423 vacinas contra o coronavírus.

Publicado

Guarantã do Norte receberá 423 vacinas que serão aplicadas nos profissionais da saúde, população a partir dos 75 anos e acima dos 60 anos que vivem em instituições de longa permanência (asilos e clínicas psiquiátricas), e indígenas que vivem em aldeias.

A segunda fase, receberão a vacina a população de 70 a 74 anos, seguida da população de 65 a 69 anos; e depois os idosos entre 60 e 64 anos.

A terceira vai contemplar as pessoas com as seguintes comorbidades, diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.

Já a quarta fase vai imunizar os professores, profissionais das forças de Segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade. Inicialmente, somente a primeira dose será enviada, e o lote com a segunda dose deve ser encaminhado no prazo de 10 a 15 dias.

Peixoto de Azevedo receberá 625 vacinas e Matupá será beneficiada com 204 vacinas.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Christiano Antonucci/assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana