Tecnologia

Novos iPhones chegam hoje; o que esperar das novidades da Apple

Publicado

Apple arrow-options
Getty Images

Saiba o que esperar dos novos iPhones que serão lançados hoje.


O diretor executivo da  Apple  , Tim Cook , subirá ao palco do Teatro Steve Jobs, no novo campus da companhia em Cupertino, sob olhares curiosos de consumidores e investidores. A expectativa é que nesta terça-feira (10) sejam anunciados novos modelos do  Apple Watch  e do  iPhone  , produto que responde por quase a metade das receitas da companhia, mas sofre com a queda nas vendas nos últimos meses.

No ano passado, a Apple registrou a primeira retração nas vendas desde que o iPhone foi lançado, em 2007. Não por acaso, a empresa parou de divulgar o número de unidades comercializadas em seus balanços trimestrais, que era tradição na companhia. Mesmo assim, um levantamento da consultoria Gartner mostra que no último trimestre de 2018 foram vendidos 64,5 milhões de iPhones, contra 73,2 milhões no mesmo período de 2017.

Leia também: Apple pode perder pódio para Xiaomi entre as maiores vendedoras de smartphones

Os produtos apresentados hoje chegam para aquecer as vendas no quarto trimestre, aproveitando a temporada de compras de fim de ano. Resta saber se as novidades serão suficientes para atrair o interesse dos consumidores. Segundo as especulações, a Apple irá lançar três novos modelos de smartphone: o iPhone 11, o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Max, sucessores, respectivamente, do iPhone XR, do iPhone XS e do iPhone XS Max.

Leia mais:  Robô russo retorna à Terra após breve estadia em estação espacial

Novas câmeras

Os iPhones 11 e 11 Max ganham uma terceira câmera , com lente grande-angular, para aumentar o campo de visão das fotografias. Além disso, as imagens devem ter melhorias na resolução, segundo a agência Bloomberg. Os aparelhos também terão um sistema de inteligência artificial para correção automática das imagens e ferramenta para edição de vídeo enquanto ele está sendo gravado.

Leia também: Apple e Foxconn violaram lei na China na produção dos últimos modelos de iPhone

O sucessor do iPhone XR também ganha uma segunda câmera, para melhorar o modo retrato e oferecer zoom ótico. A Apple também deve apresentar melhorias para fotos tiradas em ambientes com poucas luminosidade, tentando rivalizar com o Pixel, da Google.

Carregamento sem fio

Aparelhos como AirPods e Apple Watches poderão ser carregados ao ser apoiados na parte de trás dos iPhones. O logo da Apple, que hoje fica localizado na parte superior do aparelho, passará a ficar no meio, para identificar o ponto onde o usuário deve apoiar os outros aparelhos para carregar a bateria. A tecnologia é conhecida como carregamento reverso, já utilizada pela Samsung, que trouxe a novidade no Galaxy S10, no início deste ano.

Leia mais:  Adeus, chaves: brasileiros adotam a biometria nos condomínios

Mais resistente

A Apple quer que os iPhones durem mais. A companhia é muito questionada por seus consumidores sobre os altos preços cobrados para reparos e, então, a ideia é que os novos modelos sofram menos problemas. Os novos telefones terão tela reforçada e maior resistência a choques, além de resistirem por mais tempo dentro da água.

Leia também: Youtuber cria sua própria versão do novo iPhone: “Demorou cerca de 258 horas”

Sem 5G

Não espere 5G nos próximos iPhones . Enquanto outras fabricantes já começam a incluir chips preparados para a próxima geração da telefonia móvel, a Apple resolveu deixar para o ano que vem a compatibilidade do iPhone com o 5G.

Poucas mudanças

No Apple Watch , as maiores novidades foram lançadas ano passado. Neste ano, ele receberá atualizações no software e na parte externa, com novas versões em cerâmica e titânio e mais opções de pulseiras. A atualização do watchOS oferecerá novos aplicativos, ferramentas para a Siri e uma App Store própria.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Usuárias do Tinder têm mais de 70 mil fotos roubadas e vendidas online

Publicado

source

Olhar Digital

Tinder arrow-options
shutterstock

Fotos de usuárias do Tinder vazam


Autoridades de Nova York revelaram nesta quinta-feira (16) uma descoberta que pode levar algumas pessoas a repensar a forma como usam aplicativos de relacionamentos . A força-tarefa de combate ao assédio sexual virtual da cidade descobriu um banco de imagens à venda com mais de 70 mil fotos roubadas de usuárias do Tinder .

Junto das fotos, também foi encontrado um arquivo de texto com mais de 16 mil nomes de usuário do Tinder , que podem ser as pessoas cujas fotos foram coletadas indevidamente. As informações estavam à venda em fóruns do cibercrime.

Leia também: Veja como apagar o Tinder definitivamente em 7 etapas

Até o momento, não se sabe exatamente qual a finalidade das fotos roubadas; há apenas suspeitas. Os dados podem ser usados para extorsão das usuárias ou então para criação de perfis falsos visando enganar outros usuários, já que fotos obtidas no Tinder tendem a não estarem disponíveis em outras partes da internet, o que dificulta a identificação de perfis falsos por meio de buscas reversas no Google . Também não é descartada a possibilidade de que as imagens possam ser usadas para treinamento de reconhecimento facial.

Leia mais:  Vaza-Face: em áudios vazados, Zuckerberg ataca senadora e defende monopólios

Ao que tudo indica, as fotos, em boa parte dos casos, são bem recentes. Por meio de algumas pistas como metadados e elementos na fotografia, como o modelo de celular em fotos tiradas no espelho por exemplo, ou o código de timestamp das fotos é possível perceber que há casos de fotos tiradas em outubro de 2019. Talvez haja imagens até mais recentes do que isso.

Leia também: Fala de políticos com o crush? Tinder revela nomes mais citados no app nos EUA

Aaron DeVera, membro da força-tarefa que revelou a exposição das fotos das usuárias do Tinder , disse ao site Gizmodo que um dos usos mais comuns de fotos do tipo é a criação de perfis falsos convincentes, e que não seria a primeira vez que uma API do aplicativo é usada de forma maligna. O objetivo da exposição do vazamento, de acordo com ele, seria incentivar o Tinder a tomar ações para conter os danos e tomar medidas de proteção.

Quando a empresa foi questionada sobre o vazamento, um representante do Tinder diz que a companhia implementou recursos adicionais de segurança para evitar uso indevido do aplicativo, embora não diga quais foram essas medidas.

Leia mais:  Mark Zuckerberg é ‘pessoa mais perigosa do mundo’, diz professor

O Tinder também apontou que as fotos que são adicionadas ao perfil dos usuários são públicas, já que podem ser vistas por quaisquer outros usuários do aplicativo . No entanto, é óbvio que a plataforma não foi criada para realização de download em massa das fotos , além do aplicativo limitar geograficamente quais pessoas podem ou não ver o perfil de alguém.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

5 acessórios para celular que vão facilitar a sua vida

Publicado

source

É inevitável andar por um shopping center no Brasil e não esbarrar em um quiosque que venda acessórios para celulares. Pode ser para uma marca específica ou genérico, mas ele está lá, como um baluarte da modernidade; desse tempo em que sempre nos descobrimos na necessidade de um novo acessório para o celular ou de acessórios para o novo smartphone.

Leia também: 5 smartwatches para quem quer fugir do relógio da Apple

Acessórios para celular arrow-options
shutterstock

Acessórios para celular

É lógico que viabilidade e necessidade de acessórios variam de acordo com o perfil, rotina e aparelho do usuário, mas existe uma razoável proporção de acessórios para celulares que atendem a necessidade de todo e qualquer consumidor. 

Compilamos uma lista com cinco deles que tem como finalidade facilitar a vida do consumidor no dia a dia. Confira!

Cabo a tiracolo

Chaveiro-cabo arrow-options
Reprodução/Amazon

Chaveiro-cabo custa menos de R$ 30 e é alternativa para quando você esquecer algum cabo

Esqueceu o cabo? Não tem problema. Com um chaveiro cabo 2 em 1, você nunca fica na mão. O cabo de dados tem Certificado MFI apple e tem conexões micro-USB e USB-C.

Leia mais:  Google e Apple recebem multa milionária do Procon-SP por causa do FaceApp

Clique aqui para comprar

Suporte flexível

Suporte flexível arrow-options
Reprodução/Amazon

Suporte flexível

Ok, você já pode até ter um tripé, mas ele não te dá a mobilidade para gravar que um suporte flexível – que é muito mais barato – oferece. O ideal, para quem costuma gravar muitos vídeos com o celular, é mesmo ter os dois.

Clique aqui para comprar

Suporte Magnético Adesivo 360º

Suporte arrow-options
Reprodução/Amazon

Suporte magnético adesivo

Ideal para usar em veículos, o suporte magnético da Baseus pode ser usado em qualquer superfície plana e tem rotação de 360º. Ele suporta celulares de até 6 polegadas.

Clique aqui para comprar

Pinguim – Suporte Veicular com Carregador sem Fio

Pinguim arrow-options
Reprodução/Amazon

Pinguim

Esse modelo 2 em 1 é suporte e carregador ao mesmo tempo. Abre e fecha automaticamente através de sensor infravermelho, manuseio com uma só mão para uma direção segura. É anti-ruído e gira 360º.

Clique aqui para comprar

Carregador Universal

carregador universal arrow-options
Reprodução/Amazon

Carregador universal

Em uma lista que tem como proposta facilitar a vida do leitor não pode faltar um carregador universal não é mesmo? Esse modelo da Inova é compatível com Samsung, Kindle, Motorola, Xiaomi, Sony, entre outros.

Leia mais:  Mark Zuckerberg é ‘pessoa mais perigosa do mundo’, diz professor

Clique aqui para comprar

Frete gratuito

É possível garantir essa e outras compras com a assinatura do pacote Amazon Prime por apenas R$ 9,90 ao mês. Além de frete grátis e ilimitado para qualquer lugar do Brasil, é possível ver filmes e séries no streaming Prime Video, ler livros e revistas no Kindle e ouvir músicas no Amazon Music. Clique aqui para assinar !

* O iG pode ganhar comissões sobre as vendas originadas a partir deste artigo

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana