Polícia MT

Polícia Civil indicia casal por homicídio qualificado e maus tratos contra bebê de sete meses

Publicado

Assessoria/PJC-MT 

A Polícia Judiciária Civil em Tabaporã (643 km a médio norte de Cuiabá) indiciou os pais de uma bebê de sete meses por homicídio qualificado, maus tratos, destruição e ocultação de cadáver da criança. O inquérito conduzido pelo delegado Albertino Félix de Brito foi encaminhado ao Fórum da Comarca de Tabaporã na última quinta-feira.

O presidente do inquérito também representou pela conversão da prisão temporária em preventiva dos investigados.

O casal está preso na cidade de Jataí, no sudoeste goiano, aguardando recambiamento para Mato Grosso.

Investigação

As investigações em buscas do corpo da bebê, de aproximadamente 7 meses iniciaram no dia 8 de janeiro, após denúncia ao Conselho Tutelar do município. Segundo testemunhas, no dia 27 de dezembro, o casal foi visto em três situações distintas – a primeira delas, nas proximidades do rio Sereno com o carrinho de bebê (não sendo constatado se a criança estava no carrinho ou não). Logo em seguida, o casal foi visto sozinho sem a criança e sem o carrinho e mais tarde, pedindo carona a terceiros.

Posteriormente, uma testemunha que teve contato com o pai da criança relatou que ele disse que teve que sair as pressas da cidade e pediu para que fosse colocado fogo nas coisas do bebê. Durante as diligências, o carrinho da criança foi localizado jogado no córrego, onde o casal foi visto.

O delegado ouviu várias testemunhas e foram apuradas evidências de que o casal teria tirado a vida do bebê e posteriormente fugido da cidade.

Durante as diligências, o casal foi localizado na cidade de Jataí (GO), com apoio da Polícia Civil local. Após serem interrogados pelo delegado da cidade goiana, o pai e a mãe da criança confessaram a autoria dos crimes e indicaram o local onde ocultaram o cadáver.

Equipes da Polícia Civil de Tabaporã e do Corpo de Bombeiros de Sinop localizaram no dia 9 de janeiro partes do corpo no fundo de um poço, nos arreadores da cidade. Devido ao tempo e às condições do local, o corpo já estava em decomposição. Todo o material foi encaminhado para perícia no Instituto Médio Legal da Politec.

No ano passado, o casal já havia sido denunciado por maus tratos contra a criança. A bebê ficou na Casa de Passagem do município durante um período, até que a guarda foi restituída pela justiça aos pais.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia MT

Carlinda: dupla invade residência e sequestra rapaz de 22 anos, Polícia foi acionada

Publicado

Uma ocorrência caracterizada como sequestro foi registrada na noite de ontem, segunda-feira (28), por volta das 22h00 no município de Carlinda.

A vítima, trata-se de um rapaz de 22 anos. Segundo comunicante, ele estava em uma residência localizada no Bairro Santa Teresinha, juntamente com seus familiares ingerindo bebidas, momento que foram surpreendidos por dois suspeitos, a dupla estava armada e usava roupas escuras e máscara para dificultar a identificação.

Ao entrarem no imóvel, os suspeitos renderam todos que estavam no local e questionavam sobre o rapaz (sequestrado). Ao encontra-lo, ele foi arrastado e colocado em uma caminhonete S-10 branca, que evadiu-se do local.

A PM de Carlinda informou as unidades policiais das cidades vizinhas, mas, apesar de diligências, a vítima não foi localizada até o fechamento da ocorrência.

Conforme apurado junto a PM, a vítima tem passagens por direção perigosa de veículo e tráfico. O caso foi encaminhado à Polícia Civil.

Caminhonete abordada

Em Alta Floresta, por volta da 00h05 de hoje, terça-feira (29), uma caminhonete com características semelhantes a usada no sequestro passou pela equipe da Força Tática na rodovia MT-208 e empreendeu fuga pela rodovia MT-325, sendo abordada próximo ao bairro Boa Nova 1.

Com o motorista de 33 anos foram encontradas porções de substância análoga a cocaína. O motorista alegou que estava se deslocando de uma fazenda localizada na vicinal 4ª Leste.

O suspeito foi conduzido à Delegacia Municipal por uso ilícito de drogas e direção perigosa. Um advogado acompanhou a sua detenção.

Fonte: Redação Notícia Exata – Foto: Divulgação

Comentários Facebook
Continue lendo

Matupá

Advogado, tenente da PM e um terceiro investigado são presos por envolvimento em furto de avião em Matupá.

Publicado

A Polícia Civil acabada de confirmar que um advogado, um tenente da polícia militar de Peixoto de Azevedo e uma terceira pessoa foram presos acusados de envolvimento no furto do avião Cessna Aircraft 182, prefixo PT-JAX, em Matupá. As identidades deles ainda não foram confirmadas.

Nos dias 13 e 14 deste mês, a polícia também prendeu outros dois envolvido com o crime. Os mandados judiciais foram expedidos pela Vara Única de Matupá, com base em investigações da Polícia Civil coordenadas pela delegada Juliana Rado, que confirmou que o suspeito preso é um dos pilotos do avião.

A aeronave foi furtada do aeroporto de Matupá no 21 de abril (feriado). Os criminosos estouraram o cadeado com a corrente que estava na hélice e também furtaram mais de 3 mil litros de querosene do posto de abastecimento.

Já o avião foi encontrado por policias com apoio do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Sorriso no dia 24 passado, em mata entre os municípios de Terra Nova do Norte e Nova Guarita (156 e 200 quilômetros de Sinop, respectivamente). A aeronave caiu, ficou muito danificada. Não houve vítima fatal na queda e os ocupantes da aeronave fugiram.

Em instantes, mais detalhes

Só Notícias/Cleber Romero

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana