GUARANTÃ DO NORTE

Polícia Federal faz operação em Guarantã do Norte e mais 5 para combater fraudes no sistema do IBAMA

Publicado

Agentes da Polícia Federal estão fazendo, neste momento, buscas em residências e empresas em Sorriso, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Guarantã do Norte, Marcelândia, Primavera do Leste e Tangará da Serra para combater fraudes de documentos, no sistema do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

A operação também ocorre em Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins. Estão sendo cumpridos 48 mandados de busca e apreensão contra pessoas que foram beneficiadas com as fraudes, além de cinco prisões de falsificadores e estelionatários membros da associação criminosa. As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Federal do Distrito Federal.

Na investigação, foram constatados 122 desembargos irregulares em nome de 54 pessoas fiscais ou jurídicas, realizadas por quadrilha composta de ao menos 7 envolvidos. É estimado prejuízo de ao menos R$ 150 milhões em multas não pagas e descumprimento de embargos em áreas ambientais da Amazônia Legal.

O inquérito policial foi instaurado a partir da identificação, pelo IBAMA, da fraudes ocorridas contra diversos de seus Superintendentes, Agentes e fiscais, com o uso de tokens expedidos indevidamente por terceiros falsificadores. Houve colaboração de informações de inteligência entre o IBAMA e PF para levantamento dos fraudadores, beneficiários e suposto envolvimento de outros intermediários e servidores públicos.

Em levantamentos iniciais realizados no âmbito da PF, fora identificada quadrilha já investigada pela PF no estado de Goiás, e a conexão com diversas fraudes ocorridas em todo o Brasil, tendo como beneficiários principais grandes propriedades rurais localizadas nos estados do Pará e do Mato Grosso. Essas fazendas têm como sócios pessoas físicas e jurídicas de diversos estados do sul, sudeste e centro-oeste.

A operação tem por objetivo a coleta de mais provas e dados acerca das fraudes, inclusive identificação de intermediários entre os falsários e beneficiários, inclusive com auxílio de servidores públicos.

Em instantes, mais detalhes

Fonte: Só Notícias/Cleber Romero (fotos: Só Notícias/Lucas Torres e infográfico PF 

Comentários Facebook
publicidade

GUARANTÃ DO NORTE

Vagão de carreta carregado com milho tomba na BR-163 em Guarantã do Norte

Publicado

O acidente ocorreu, esta manhã, num trecho da rodovia federal, na Serra do Cachimbo, na região do município de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop).  De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apenas um dos vagões que estava carregado com milho tombou.

No veículo, estava apenas o motorista que não ficou ferido. Ele mesmo fez o acionamento dos policiais federais de Nova Santa Helena para registrar a ocorrência e informar as possíveis circunstâncias de como ocorreu o tombamento.

Um policial informou que a equipe está retornando para o posto fiscal com os detalhes do acidente e ainda fará o relato oficial no boletim de ocorrência.

A carga ficou esparramada e a carreta atravessada nas duas pistas. Houve interdição do tráfego de veículos nos dois sentidos por algumas horas até a remoção do veículo e limpeza da pista para evitar novos acidentes.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: divulgação)

Comentários Facebook
Continue lendo

GUARANTÃ DO NORTE

Suspeito de estupro de vulnerável, ex-candidato a prefeito de Guarantã do Norte é preso em Goiás

Publicado

O ex-candidato a prefeito de Guarantã do Norte, no pleito de 2016, Nabson Nattan Lourenço, foi preso na última segunda-feira (21), no bairro Jardim Goiás, em Goiânia, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça de Mato Grosso.

A prisão do político de Guarantã é o resultado de uma parceria investigativa da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso com a polícia civil goiana.

Nattan é suspeito de praticar crime de estupro de vulnerável. Contra o político pesa a acusação prática reiterada de abuso sexual contra uma menor de 12 anos, durante este ano de 2020. O detido será recambiado para Mato Grosso, onde ele deve responder pelos crimes que são atribuídos a ele.

A população de Guarantã do Norte recebeu a notícia da prisão do homem que disputou a prefeitura e ficou em 2º lugar na batalha eleitoral, recebeu com uma mistura de tristeza e decepção.

“Nunca imaginei que ele fosse capaz disso. Simplesmente lamentável. Se errou, tem que pagar pelo que fez”, disse a nossa reportagem uma moradora da cidade.

Nabson Natta já foi secretário da Câmara de Vereadores e responde a investigação por suposta manipulação de concurso público, no qual ele proprio teria sido aprovado em primeiro lugar. O caso está sob investigação. Atualmente, ele estaria prestando assessoria a um candidato ao senado.

Fonte: A Bronca Popular / Edésio Adorno / Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana