Nacional

Previsão do tempo indica dia de sol e máxima de 33º em São Paulo nesta quarta

Publicado

são paulo arrow-options
shutterstock

Previsão do tempo para São Paulo indica mais tempo seco e variação climática, e o paulistano terá de cuidar da saúde

O bloqueio atmosférico, provocado pela grande massa de ar seco que predomina sobre o interior do país, mantém temperaturas mais elevadas que o normal nesta quarta-feira (11) em São Paulo. 

De acordo com a previsão do tempo , o dia amanhece ensolarado e com mínima de 18ºC. Com o decorrer do dia, o predomínio do sol eleva as temperaturas, que chegam a 33ºC. Não há expectativa de chuvas. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) também alerta que os índices de umidade devem atingir níveis críticos, abaixo dos 30%. 

Comentários Facebook
Leia mais:  Covardia! Homem sobe em palco e chuta rosto de mulher durante show; assista
publicidade

Nacional

João de Deus é denunciado pela 12ª vez

Publicado

source
João de Deus arrow-options
Agência Brasil

João de Deus é acusado de praticar abusos sexuais contra pessoas que buscavam atendimento espiritual

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou mais uma vez João Teixeira de Faria, o João de Deus, por estupro de vulnerável. A acusação é referente ao abuso de duas pessoas do Rio Grande do Sul entre 2009 e 2011. Ele já responde por outros 11 crimes. Desta vez, além de João de Deus , foram denunciados também dois guias de turismo que levaram as vítimas até Abadiânia, onde fica a Casa Dom Inácio de Loyola. 

Leia também: ‘Ele vai pagar pelo que fez a todas as mulheres’, diz vítima sobre João de Deus

De acordo com a promotora de justiça Renata Caroliny Ribeiro e Silva, “os guias eram coniventes e atuavam energicamente para que elas não interrompessem o ‘tratamento’”. Ela afirmou ainda que eles “chegavam a dizer que eles também já tinham passado por este processo de ‘cura’ , mas que era praticado por outro homem e não João Faria”.

Leia mais:  Ao tentar fazer baliza em teste, motorista derruba muro do Detran; veja fotos

A denúncia considera relevante o papel dos guias nos crimes, uma vez que as vítimas relataram ter contado a eles sobre os abusos sexuais . Segundo a promotora, os guias diziam que isso fazia parte do tratamento. “Eles diziam que as ejaculações poderiam ser muito mais fortes que centenas de cirurgias espirituais que essas vítimas poderiam realizar”

João de Deus já foi  condenado a 19 anos e 4 meses de prisão em regime fechado por violação sexual mediante fraude contra duas mulheres e estupro de vulnerável contra outras duas. Ele também foi considerado culpado por porte ilegal de armas, crime pelo qual foi sentenciado a quatro anos em regime aberto. O médium está preso há mais de um ano e se declara inocente das acusações.

A 12ª denúncia contra João de Deus foi realizada no dia 26 de dezembro de 2019, mas só foi divulgada nesta segunda-feira (13).

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Foragido desde 2009, homem é preso por estupro de sobrinho de apenas 4 anos

Publicado

source
Petrópolis arrow-options
Reprodução

Caso foi registrado em delegacia de Petrópolis

Dez anos após manter relações sexuais forçadas com o sobrinho, na época com apenas 4 anos de idade, foi localizado e preso pela polícia o homem de 33 anos que, desde 2009, estava foragido da Justiça. As informações são do Jornal O Dia .

Leia também: Por ‘medo de lei’, juiz concede prisão domiciliar a advogado com pena de 99 anos

A ação, realizada no último fim de semana, foi criteriosamente orquestrada pelas polícias Civil e Militar de Petrópolis e contou com boa parte das corporações. A prisão aconteceu em um dos esconderijos do homem , na Comunidade da Oficina, bairro Alto da Serra.

A série de abusos contra o menino teve início em 2009, no bairro Mosela, e teria se repetido por, aproximadamente, seis meses. Segundo relatos de amigos e parentes, na época, a mãe do menino se recuperava do parto do segundo filho na própria casa da família. Testemunhas afirmam que seu irmão já havia sido denunciado anteriormente por assediar sexualmente a filha de uma ex-namorada.

Leia mais:  'Ele vai pagar pelo que fez a todas as mulheres', diz vítima sobre João de Deus

Na ocasião, ainda assustada, a criança relatou à mãe e parentes mais próximos os atos abusivos por parte do tio e, antes de procurar a polícia e o Conselho Tutelar, a mulher levou o filho ao médico. Exames comprovaram que os abusos haviam acontecido e que, por haver contraído doenças sexualmente transmissíveis, o menino precisaria de acompanhamento permanente.

Orientada pelos médicos que acompanharam o caso, a mãe esteve no Conselho Tutelar e registrou a ocorrência na 105ª DP, no bairro Retiro. Ao saber das acusações por parte de amigos o homem fugiu, sendo julgado e condenado à revelia. Desde então, seu paradeiro vinha sendo investigado pela polícia que, recentemente, identificou a sua localização.

Leia também: Corpo de menina desaparecida em São Paulo é encontrado; vizinho é preso

Antes de se esconder no bairro Alto da Serra, ele passou por outras comunidades da cidade e também da Baixada Fluminense. Atualmente estava morando sozinho em uma pequena casa afastada do Centro da cidade. Ao ser surpreendido pela polícia durante a operação ainda tentou fugir, porém o imóvel já estava cercado. Condenado a uma pena de 24 anos de reclusão em regime fechado, ele será transferido para o sistema prisional do Rio de Janeiro.

Leia mais:  Funcionário do IML é demitido por suspeita de ter relações sexuais com cadáveres

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Polícia MT

Mato Grosso

Política MT

Política Nacional

Economia

Mais Lidas da Semana