Polícia MT

Polícia Civil prende integrantes de grupo criminoso envolvido em roubos no Distrito da Guia

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três homens que estavam praticando vários roubos em chácaras, no Distrito de Nossa Senhora da Guia, em Cuiabá, foram presos pela Polícia Civil, em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), com apoio da Polícia Militar. As prisões foram efetuadas nesta quinta-feira (22). Uma pistola, acautelada da Polícia Civil, foi recuperada.

Foram presos: Felipe Ferreira de Pinho Correa, Lucas Júnior Bonifácio Almeida e Paulo Vitor Martins de Almeida. O trio é apontado como integrante de uma associação criminosa responsável por invadirem propriedades e cometerem ao menos dois roubos.

Nas investigações, outros três suspeitos foram identificados, sendo que dois deles já morreram e outro preso por envolvimento em outros crimes..

Os suspeitos foram identificados na autoria de dois roubos praticados em chácaras da região da Guia. Um dos assaltos a mão armada ocorreu no dia 27 de abril deste ano e foi praticado em duas propriedades vizinhas. Inicialmente, os bandidos invadiram a chácara de um senhor, onde foram extremamente agressivos. A vítima foi agredida com coronhadas e teve objetos levados da propriedade.

Na sequência, os criminosos entraram na segunda propriedade. No local, estava um policial civil que teve a arma de fogo, uma pistola calibre 40, levada pelos bandidos.  Dessa chácara, os suspeitos também levaram objetos da casa e das vítimas, que durante a ação ficaram trancadas dentro do banheiro.

Durante a apuração, a equipe de investigação liderada pelo delegado Eduardo Rizzoto, identificou que os roubos foram cometidos por membros de uma  associação criminosa responsável por diversos outros roubos em chácaras.

“Todos os integrantes da associação criminosa residem no distrito de Nossa Senhora da Guia e também são conhecidos por perpetrarem diversos crimes naquela localidade”, disse o delegado.

Os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas das duas chácaras. Paulo Vitor Martins de Almeida foi responsável pelo apoio. Ele levou os comparsas ao local com seu veículo GM/Celta branco, que foi visto por uma das vítimas. A arma de fogo subtraída no assalto também teria ficado com o suspeito. 

Os outros dois suspeitos, Felipe e Lucas, são contumazes em crimes de roubos e tendo diversas passagens anteriores. Com base nos levantamentos, o delegado Eduardo Rizzoto de Carvalho, representou pelos mandados de busca e apreensão domiciliar e de busca e apreensão contra os suspeitos, que foram decretados pela Justiça e cumpridos pela equipe da Derf.

Além da prisão dos assaltantes, o cumprimento das ordens judiciais resultou na recuperação da arma de fogo, roubada do policial civil durante um dos assaltos.

“Os presos são integrantes de um grupo criminoso que estava atuando em diversos crimes, especialmente de roubos no distrito da Guia, aterrorizando os moradores da região, sendo a prisão dos suspeitos uma resposta para sociedade”, destacou o delegado.

 

Comentários Facebook
publicidade

Polícia MT

Barbudo recebe prêmio em categoria Ótimo Parlamentar

Publicado

Deputado mais votado em 2018, bolsonarista está em 1º lugar dentre os federais de Mato Grosso.

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) será premiado na categoria “Ótimo Parlamentar”, em cerimônia no dia 08 de dezembro, em Brasília. O prêmio será entregue pela organização Ranking Político, uma plataforma digital que avalia a atuação de deputados federais e senadores.

Em julho deste ano, Barbudo já havia sido notícia devido ao seu primeiro lugar em Mato Grosso dentre os deputados. O parlamentar, o mais bem votado de 2018 no Estado com 126.249 votos, aparece com 7,51 pontos.

Nacionalmente, Barbudo figura em 57º lugar e é o número 1 em votos com o Governo Bolsonaro. Vale lembrar que o Congresso Nacional é composto de 594 parlamentares, sendo 81 senadores e 513 deputados federais. A pontuação do Ranking Político é definida de acordo com informações obtidas em fontes oficiais como os sites da Câmara, do Senado e dos Tribunais de Justiça.

A organização ainda segue o que chama de três pilares: antiprivilégios (as votações), antidesperdício (presenças e economia de verbas) e anticorrupção (ficha limpa). Para entender os critérios, acesse https://www.politicos.org.br/CriteriosAvaliacao.

No caso de Barbudo, também vale lembrar que o parlamentar vem em uma constante nesta posição, como primeiro de Mato Grosso. “O número e a boa avaliação, ao meu ver, é reflexo do meu trabalho e da minha defesa do povo mato-grossense. Sou o único parlamentar que vota 100% com o presidente Jair Bolsonaro e este ranking mostra que estou no caminho certo: é só o povo verificar quem do nosso Estado está lá embaixo”, cutucou.

Veja o Ranking Político aqui: https://www.politicos.org.br/Ranking

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia MT

Barbudo desmente voto em “fundão eleitoral” de R$ 6 bilhões

Publicado

Manobra do relator fez com que votação de fundo fosse incluída na pauta da LDO

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL-MT) vem a público esclarecer que é veemente contra o aumento do chamado Fundão Eleitoral em R$ 6 bilhões. O parlamentar informa que durante a votação desta quinta-feira (15.06), em que estava na pauta a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022, houve uma manobra para incluir o “fundão”.
“Eu jamais, jamais, compactuaria com a votação deste fundão. A comissão de orçamento colocou a votação deste abusivo e absurdo aumento do Fundão Eleitoral juntamente com a LDO e nós, deputados, não pudemos votar as duas pautas de forma separada”, explica Barbudo.
O deputado também esclarece que a sessão não ocorreu conforme os deputados contrários ao fundão gostariam. “Não houve votação nominal específica para o fundão como gostaríamos que houvesse. Só que votar contra a LDO reflete na governabilidade e obviamente trava o Governo Federal. Foi tudo muito bem articulado, calculado e feito de uma forma suja, da qual jamais compactuaria. Cabe esclarecer também que diante da não votação nominal do destaque, informei de forma oficial meu voto contrário ao fundão, que constará na tramitação do PLN 3/2021”, reforça.
Barbudo relembrou, inclusive, que no início da pandemia do coronavírus já havia se manifestado contrário ao fundão para a eleição. “Quem me conhece sabe que sou correto e meu discurso é uno. Eu jamais votaria para o aumento do Fundão Eleitoral. Aliás, no começo desta pandemia, me pronunciei para que o mesmo fosse destinado no combate à covid-19”.
Na próxima semana, parlamentares contrários ao Fundão Eleitoral, Nelson Barbudo incluso entre eles, devem buscar o presidente Jair Bolsonaro para que o mesmo vete a aprovação deste valor.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana